Do Mais Goiás

Ex-BBB Diogo Pretto é acusado de racismo e homofobia

Ele teria declarações racistas e homofóbicas durante uma apresentação do grupo FitDance no Amsterdã Salvador neste sábado (29)

Diogo Pretto, ex-BBB da 11ª edição do reality, está sendo acusado de homofobia e racismo após comentários feitos no Amsterdã Salvador, que aconteceu neste sábado (29). Durante uma apresentação do grupo FitDance, o qual ele faz parte, o ator e coreógrafo disse: “quando eu era pequeno, eu era até meio ‘viado’, mas, quando eu descobri o que ‘viado’ fazia, eu deixei de ser ‘viado'”. Após a declaração, ele foi vaiado.

“Eu posso falar dos ‘viados’. Tenho muitos amigos meus que são e não tenho preconceito”, emendou ele, após a reação da plateia. Em nota, ele negou que seja preconceituoso e disse que tudo não passou de um mal entendido. A explicação, divulgada em suas redes sociais, ressalta ainda que ele sempre defendeu a bandeira da igualdade.

O portal de notícias LGBT da Bahia ‘Dois Terços’ publicou o que aconteceu. Segundo a reportagem, houve ainda um momento em que Pretto teria sido vaiado ao chamar sua namorada – também dançarina do FitDance – de “neguinha”. Ele ainda teria dito que outra dançarina era “branquinha de alma negra”. De acordo com o jornal Extra, a assessoria do artista nega estes momentos de vaia.

Ainda de acordo com o Extra, a assessoria ressaltou que Diogo está “muito triste” e que esta é uma repercussão “injusta”. O grupo FitDance não comentará o caso.