Do Mais Goiás

Ex-atacante de Santos e Flamengo morre aos 38 anos

Com 38 anos, Diogo Oliveira faleceu após perder o controle da sua moto e bater em um poste de energia, de acordo com a polícia local. 

Foto: Reprodução/Internet

Revelado pelo Santos e com passagem pelo Flamengo, o ex-atacante Diogo Oliveira faleceu na noite de quarta-feira (09), em Maringá, interior do Paraná. Com 38 anos, foi a óbito após perder o controle da sua moto e bater em um poste de energia, de acordo com a polícia local.

Chegou a ser atendido pelo Corpo de Bombeiros, mas faleceu após ter traumatismo craniano por conta da colisão. Diogo deixa esposa e dois filhos.

O Flamengo divulgou uma nota no twitter, lamentando o falecimento do ex-atleta e manifestou solidariedade aos familiares e amigos. Pelo clube rubro-negro, em 2004, Diogo fez cinco gols em 19 partidas. Seu grande destaque foi logo na estreia, quando marcou três gols no empate por 4 a 4 com o CRB, pela Copa do Brasil, tendo entrado no segundo tempo.

Cria da base do Peixe, Diogo Oliveira defendeu ainda América/RN, Rio Branco/SP, ABC, São Bernardo/SP e outras equipes do futebol brasileiro, além de se aventurar pelo futebol sueco, dos Emirados Árabes e do Japão. Encerrou a carreira no Grêmio Maringá/PR, em 2017.