Protesto

Estudantes ocupam Centro de Aulas Aroeira na UFG

Além da Reitoria, diversas faculdades da UFG em Goiânia e no interior foram ocupadas pelos manifestantes




Em prostesto contra a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que prevê o teto dos gastos públicos, estudantes ocuparam na noite desta segunda-feira (31) mais um prédio na Universidade Federal de Goiás (UFG). Dessa vez, foi o Centro de Aulas Aroeira, no Câmpus Samamabia, que foi tomado pelos manifestantes.

No local, que permance ocupado, a entrada de estudantes e professores está sendo proibida, e as aulas foram suspensas. Apesar do prejuízo acadêmico, muitos alunos têm compreendido a reinvidicação do movimento. “Isso (PEC) é algo que vai prejudicar todos os alunos”, diz um aluno da institutição. “Eu mesmo já perdi minha bolsa do CNPQ por conta dos cortes”, acrescenta.

Imagens gravadas pelo estudante mostra o momento em que os manifestantes ocupam o prédio:

Além da Reitoria, diversas faculdades da UFG em Goiânia e no interior foram ocupadas pelos estudantes. Os prédios do Museu Antropológico e da Rádio Universitária também foram tomados pelos alunos.

Tópicos