CARTÕES

Estudante de medicina e foragido da Justiça são presos por aplicar golpes em Rio Verde

Segundo a PM, suspeitos usavam CPFs ativos para solicitar cartões de crédito às agências bancárias e, posteriormente, comprar em nome de outras pessoas


Leicilane Tomazini
Do Mais Goiás | Em: 07/08/2020 às 13:36:02

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Dois suspeitos de aplicar golpes com cartões de crédito clonados foram presos em Rio Verde, no sudoeste do estado. Um deles é um estudante que cursa medicina no Paraguai, com registro de porte ilegal de armas; e o outro, um foragido da Justiça em Goiás, com passagens por tráfico de drogas, tentativa de homicídio e associação para o tráfico.

Segundo a Polícia Militar (PM), os suspeitos usavam CPFs ativos para solicitar cartões de crédito às agências bancárias e, posteriormente, realizar compras em nome de outras pessoas, que não estavam com a situação negativada. Ao todo foram apreendidos 17 cartões de crédito, 21 identidades e uma CNH, todos falsos. A polícia apreendeu também 20 aparelhos celulares, 16 chips de telefone virgens, seis máquinas de cartão de crédito e débito, e dois notebooks que eram usados para produzir documentos.

A PM informou que chegou até os suspeitos depois que recebeu informações sobre o paradeiro de um foragido da Justiça. O homem foi encontrado em um apartamento da cidade. A polícia perguntou se havia mais alguém no local e ele respondeu que não. Mas o comparsa estava trancado em um banheiro, que precisou ser arrombado.

Os dois homens foram conduzidos à delegacia e poderão responder pelos crimes de falsificação de documentos, posse de drogas para consumo e resistência.