TEMPORAL

Estragos da chuva: enxurrada abre vala em rua de Goiânia

Ao lado do buraco, uma residência, mas não havia pessoas no momento do ocorrido


Ton Paulo
Do Mais Goiás | Em: 11/01/2021 às 15:39:47

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A prefeitura e os moradores de Goiânia ainda contabilizam os prejuízos causados pelas chuvas que caíram sobre a cidade no último final de semana. Carros foram arrastados, árvores caíram, casas ficaram inundadas e famílias ficaram desabrigadas devido ao temporal. Na rua 12, do setor Jardim Goiás, a enxurrada abriu, no último sábado (9), uma enorme vala ao lado de uma casa que, felizmente, estava desocupada no momento. 

Uma rede de drenagem está em construção nas proximidades do local, o que acabou gerando barro e entulho. Veja como ficou o local:

Foto: Reprodução

Ao Mais Goiás, a Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana (Seinfra) informou que já começou os reparos no local afetado. No entanto, ainda não há previsão de finalização dos trabalhos.

Prefeitura de Goiânia criou força-tarefa após temporal

Inúmeros alagamentos foram registrados em vários pontos de Goiânia com as chuvas desse fim de semana. No último domingo (10), o Mais Goiás noticiou o caso de uma família que teve que sair às pressas de casa, somente com a roupa do corpo, após a água no interior chegar ao nível de 1,5 metro.

De acordo com a dona de casa Letícia Marques, , que mora no Jardim Europa, o fundo da garagem da casa “afundou com carro e tudo” para dentro do quarto. A mulher conta que a enxurrada “saiu arrebentando a cozinha, muro, até chegar na avenida Consolação”, contou.

Diante dos vários estragos relatados, a Prefeitura de Goiânia montou uma força-tarefa com o objetivo de prestar assistência às famílias afetadas e corrigir os problemas apresentados nos locais onde foram registrados inundações e alagamentos. Segundo informações do Paço Municipal, 100 pontos na cidade já foram relatados pela Defesa Civil como sendo prioridade para as intervenções.

De acordo com o prefeito em exercício de Goiânia, Rogério Cruz (Republicanos), a força-tarefa, que conta com a atuação de diversas pastas do município como a Secretaria de Infraestrutura, de Assistência Social, da Comurg e também da Defesa Civil, terá como objetivo inicial limpar a cidade e atender às questões pessoais de cada morador afetado de alguma forma pelas chuvas de ontem.

O secretário de Infraestrutura, Luiz Bittencourt, adiantou que a Defesa Civil já entregou à prefeitura um levantamento com 100 pontos mais críticos de alagamentos e inundações na capital que deverão ter atenção prioritária. Conforme o secretário, os problemas constatados são aqueles que se acumularam ao longo dos anos e que terão intervenções imediatas.