Segundo turno

“Estou preparado para governar Goiânia”, afirma Vanderlan Cardoso

Vanderlan comemorou a vaga no segundo turno e afirma que vai vencer a eleição com suas propostas




Em seu discurso após a confirmação da participação no segundo turno, o candidato a prefeito de Goiânia Vanderlan Cardoso (PSB) voltou a afirmar que vencerá a eleição apoiando-se em suas propostas e no legado que deixou após a gestão em Senador Canedo. Acompanhado pelo vice, Thiago Albernaz (PSDB), e outros apoiadores e coligados, Vanderlan foi carregado de seu carro até o interior do comitê localizado na Avenida Jamel Cecílio, em Goiânia.

“É preciso que todos nós estejamos juntos para recuperar a cidade. Eu estou preparado para governar Goiânia, uma cidade que terá qualidade de vida para todos”, afirmou o candidato. Na oportunidade, Vanderlan criticou as pesquisas divulgadas neste fim de semana e atribuiu à publicação dos números a diferença de quase oito pontos que teve do primeiro colocado, Iris Rezende (PMDB). O candidato pediu a Lucia Vânia, na condição de senadora, que tomasse alguma posição para que “pesquisas não sérias sejam barradas”.

Ainda sobre as pesquisas, Vanderlan disse que o resultado é vergonhoso para o oponente. “Eles falavam que teriam 49% dos votos. Usaram as pesquisas. Ele mentiu falando que tinha atestado de idoneidade do Ministério Público e foi desmentido, aí decidiu usar as pesquisas”, alfinetou Vanderlan.

Ao ser questionado sobre a participação do governador Marconi Perillo (PSDB) na campanha para o segundo turno, Vanderlan disse que “o governador tem um Estado para administrar, mas participará quando puder”. “Eu sei que não dá para falar em Saúde e Educação e deixar Esporte e Cultura sem investimento. E tudo isso movimenta o comércio e faz a cidade crescer”, destacou Vanderlan.