Karla Araujo
Do Mais Goiás

Estado abre licitação para substituir frota de veículos por aplicativo de transporte individual

A proposta é que a empresa escolhida desenvolva o programa e tenha pelo menos 50 veículos disponíveis

Com o objetivo de reduzir gastos com a manutenção de veículos o Estado de Goiás, por meio da Secretaria de Gestão e Planejamento de Goiás (Segplan), lançou edital de licitação para contratar uma empresa com frota de pelo menos 50 veículos para atender, inicialmente, o Palácio Pedro Ludovico Teixeira.

Chefe do Núcleo de Suprimentos, Logística e Frotas (NUSLF), Edilson de Brito explica que a empresa escolhida terá que desenvolver um aplicativo para computador e/ou smarthphone em que os servidores poderão solicitar o serviço. “Os veículos precisam ter acessibilidade e poucos anos de uso. A cobrança pelas corridas deve levar em consideração os quilômetros rodados”, afirma Brito.

Ainda segundo Brito, a locação ou compra de veículos, manutenção e contratação de motorista é um processo muito caro e por isso a necessidade de mudar a forma como este serviço é realizado. “Vamos começar atendendo apenas o Palácio, mas a ideia é expandir para mais unidades do Estado”, explicou Brito. A previsão é de uma economia de 30% nos custos.

“A ideia inicial era abrir a licitação para os taxistas, que passam por um momento econômico complicado por causa da concorrência com a Uber, mas esbarramos no fato de que poucas cooperativas de Goiânia têm a quantidade de veículos que precisamos”, afirma Brito. Além disso, diz Brito, a licitação precisa ser aberta a toda a sociedade. Ou seja, qualquer empresa pode participar, inclusive a Uber, se tiver interesse.