Séries de TV

Emmy Awards: The Handmaid’s Tale e Big Little Lies somam onze prêmios

Premiação que aconteceu na noite de ontem (17) contou com a apresentação de Stephen Colbert


Amanda Sales
Do Mais Goiás | Em: 18/09/2017 às 16:42:33

Elisabeth Moss, eleita melhor atriz em série dramática por The Handmaid's Tale
Elisabeth Moss, eleita melhor atriz em série dramática por The Handmaid's Tale

A noite do domingo (17) foi marcada pela premiação do Emmy, o Oscar da televisão americana. As séries The Handmaid’s Tale e Big Little Lies, ambas protagonizadas por mulheres, levaram a maior parte dos prêmios, as duas juntas somaram onze estatuetas. O prêmio mais esperado da noite, Melhor Série Dramática, gerou bastante mobilização nas redes sociais por conta das indicadações. Better Call Saul, House of Cards, Stranger Things, The Crown, The Handmaid’s Tale, This is Us e Westworld concorreram em uma competição bastante acirrada.

Quem levou a melhor foi The Handmaid’s Tale, produzida pela Hulu, baseada no livro de mesmo nome da escritora canadense Magaret Atwood. Além desta estatueta, o seriado levou outras cinco, incluindo o de Melhor Atriz para Elisabeth Moss, Melhor Atriz Coadjuvante para Ann Down, Melhor Roteiro Dramático para Bruce Miller e Direção de Série Dramática para Reed Morano.

A apresentação da cerimônia ficou por conta de Stephen Colbert, que também concorria a estatuetas por seu programa de entrevistas The Late Show nas categorias de Melhor Talk Show, Roteiro de Programa de Variedades e Direção de Programa de Variedades. No entanto, o apresentador perdeu para Last Week Tonight e Saturday Night Live.

Colbert não economizou em críticas e chamou atenção por sua interação com outros apresentadores. O ponto alto de sua noite foi uma esquete feita com o ator e apresentador RuPaul, que interpretou a estatueta do Emmy em um diálogo divertido com o apresentador.

Big Little Lies This Is Us

Na dianteira, Big Little Lies, uma minissérie da HBO, recebeu cinco prêmios, incluindo o de Melhor Série Limitada. As outras estatuetas foram para Nicole Kidman por Melhor Atriz em Minissérie, Lauren Dern e Alexander Skarsgard por Melhor Atriz e Ator Coadjuvantes em Minissérie e Melhor Direção de Minissérie para Jean-Marc Vallée.

A produção teve outras duas indicações importantes, Reese Whitherspoon como Melhor Atriz em Minissérie e Shailene Woodley como Melhor Atriz Coadjuvante. Ao receber o prêmio, Nicole Kidman denunciou a violência doméstica contra mulheres e ressaltou o papel de atrizes e atores em passar mensagens para o público. “Nós jogamos luz sobre o abuso doméstico. É uma doença complicada e insidiosa que existe muito mais do que nós pensamos”, afirmou.

Equipe de Big Little Lies, ganhadora na categoria Melhor Minissérie (Foto: Mario Anzuoni/Reuters)

O ator Sterling K. Brown, de This Is Us, surpreendeu os fãs da série estreante ao levar a premiação de melhor ator em série dramática. Sterling concorria com grandes nomes como Anthony Hopkins, na série Westworld, e Kevin Spacey, em House of Cards. Kevin era um nome bastante cotado para levar o prêmio, por causa do sucesso do seriado e de seu papel aclamado pelo público. No entanto, assim como no ano passado, Spacey perdeu para um ator estreante.

Comédia

Já na Comédia, a grande surpresa da noite foi a novata Atlanta, que apesar de ter perdido o prêmio de Melhor Série Cômica para a já aclamada Veep, recebeu três indicações e dois prêmios. O criador e diretor do seriado, Donald Glover, levou para casa os troféus de Melhor Ator em Série Cômica e Melhor Direção em Série Cômica.

Veep, que foi cancelada pela HBO, brilhou mais um ano na premiação. Além do prêmio de Melhor Série Cômica, sua protagonista, Julia Louis-Dreyfus, levou para casa – de novo! – a estatueta de Melhor Atriz em Série Cômica.

O programa de televisão mais premiado foi o veterano Saturday Night Live, que recebe nomeações todos os anos. Nesta edição, as estatuetas foram por Direção de Programa de Variedades para Don Roy King, Ator e Atriz Coadjuvantes em Série Cômica para Alec Baldwin e Kate McKinnon e Melhor Programa de Esquetes.

Destaque para Black Mirror

Uma grande surpresa da noite foi o episódio San Junipero, da terceira temporada da série Black Mirror, produzida pela Netflix, que levou o prêmio de Melhor Filme para Televisão. Na época em que foi ao ar, a história comoveu as redes sociais e, por isso, a torcida do público era grande. Essa foi a única estatueta da empresa de stremming.

 

Amanda Sales é integrante do programa de estágio do convênio entre Ciee e Mais Goiás, sob orientação de Thaís Lobo