Do Mais Goiás

Em vantagem, Atlético recebe o Corinthians pela Copa do Brasil

No Antônio Accioly, o Dragão pode empatar ou perder por até um gol de diferença que avança para as oitavas de final

Foto: Bruno Corsino/ACG

O Atlético entra em campo nesta quarta-feira (9), pela terceira fase da Copa do Brasil diante do Corinthians, no estádio Antônio Accioly, às 21h30. Para esse confronto, o time campineiro tem uma vantagem por ter vencido o primeiro confronto por 2 a 0. Desta forma, o Dragão pode empatar ou perder por até um gol de diferença que mesmo assim avança para as oitavas de final.

A situação rubro-negra melhora ainda mais quando se analisa os números da equipe, que nesta temporada, em nenhum jogo foi derrotada por mais de um gol de diferença. O último revés por mais de um gol foi pela Copa Verde, no dia 2 de fevereiro, ainda pela temporada 2020, quando com um time alternativo, o Dragão foi superado pelo Brasiliense por 3 a 1.

Apesar da vantagem, o treinador Eduardo Barroca acredita que este será o jogo mais difícil, da trilogia contra o Corinthians (um pelo Brasileiro e dois pela Copa do Brasil). Até por isso, Eduardo Barroca destaca que o time precisará estar no limite para poder avançar para as oitavas de final.

“Não tenho a menor dúvida que o time deles será outra equipe diferente da que foi as duas primeiras partidas. É um jogo que precisamos jogar no limite, porque se você sai atrás no placar o jogo fica muito vivo. Esse jogo será o mais difícil, por conta das referências que eles têm e que nós temos dos outros dois jogos”, disse Barroca.

Em relação a escalação, o time deverá ter apenas uma alteração em relação a última partida, diante do São Paulo. Janderson pertence ao Corinthians, assim o time deverá ter a volta de Arthur Gomes, que se recuperou de lesão muscular. Desta forma, o ataque deve ser formado por Natanael, Zé Roberto e Arthur Gomes. O jovem Ronald, que foi decisivo no primeiro jogo, mas saiu machucado, não teve lesão confirmada e pode ser uma opção para o ataque do Dragão.

O Atlético deve entrar com a seguinte escalação. Fernando Miguel, Dudu, Éder, Nathan, Igor Cariús, Willian Maranhão, Marlon Freitas, João Paulo, Natanael, Zé Roberto e Arthur Gomes (Ronald).