Violência

Em Uruaçu: Adolescente é apreendida suspeita de tramar a morte do padrasto e da mãe

Antes do crime, a garota teria pego a escopeta do padrasto e entregado para o namorado dela Gustavo Batista Silva, 19 anos.





//

Uma adolescente de 15 anos foi apreendida na na madrugada desta quarta-feira (16/9) suspeita de mandar matar o padrasto Moacir Adames, de 54 anos, e sua prórpia mãe Iracema Batista Adames Barbosa, de 49 anos. O crime aconteceu na Rua Goiás, na cidade de Uruaçu, na região norte de Goiás.

Segundo o delegado Natalício Cardoso da Silva,  seis elementos invadiram uma residência no setor central da cidade de Uruaçu com a finalidade de assassinar o casal.  Antes do crime, a garota teria pego a escopeta do padrasto e entregado para o namorado dela Gustavo Batista Silva, 19 anos.

De acordo com o delegado, o combinado seria entrar na residência e depois executar o padrasto, o horário marcado seria entre 11h30 a 00h, e assim que a adolescente saísse de dentro da residência para colocar o lixo do lado de fora, eles invadissem a casa.

Ouça a entrevista da garota ao Repórter HP, da Rádio Uruaçu

Ao entrarem na casa, os bandidos trancaram a mãe, a irmã, de 10 anos, e a suspeita em um quarto. O padrasto foi conduzido ao banheiro e estava sendo enforcado pelo grupo. Nesse momento a mãe conseguiu acionar a polícia.

Assim que a viatura chegou na residência, o namorado da garota, sacou a arma e atirou contra os policiais – que revidaram. Durante a troca de tiros, Gustavo Batista Silva foi atingido com cinco tiros e morreu no local. Os outros dois suspeitos tentaram fugir, mas acabaram presos. Outros dois comparsas conseguiram fugir.

Os presos foram conduzidos à delegacia de Uruaçu e confessaram o crime em detalhes. O motivo da ação seria devido as frequentes discussões com o padrasto. Ele foi socorrido e encaminhado para o hospital da cidade e passa bem.