Série B

Em litígio com o Vila, Toni acerta com o Atlético

Goleiro assina contrato de três anos com clube rubro-negro e deixa Tigrão após imbróglio judicial




O goleiro Toni, que teve boa passagem pelo Vila Nova na última temporada, assinou contrato de três anos com o Atlético três anos. Em entrevista à Rádio 730, o diretor rubro-negro, Adson Batista, que explicou a chegada do goleiro.

“Ele é um bom jogador, nos foi oferecido e até achei que não ia se resolver, porque estava com o imbróglio judicial com atitude própria do jogador. Eu tô aqui pra defender o Atlético, pra proteger os interesses do clube e assim vou fazer. É um jogador que tem futuro, precisa trabalhar um pouco fora de campo, às vezes se expor menos publicamente, mas são coisas que vamos trabalhar. Se não fosse para o Atlético, iria pra qualquer outro lugar”, abordou Adson.

Toni entrou na Justiça por falta de pagamento do FGTS – Fundo de Garantia do Tempo de Serviço. Como ganhou a ação, pode mudar de clube. Especula-se que o goleiro recebeu proposta de Santos e Ponte Preta, mas o negócio não evoluiu.