Do Mais Goiás

Em jogo seguro defensivamente, Goiás vence CRB e assume vice-liderança da Série B

Com o triunfo, o Goiás assumiu a vice-liderança, com 42 pontos, já o CRB caiu para a 4ª colocação, com 40 pontos

Élvis e Nicolas comemoram o gol do Goiás
Élvis e Nicolas comemoram o gol do Goiás. Foto: Rosiron Rodrigues - Goiás

No fechamento da 23ª rodada da Série B, o Goiás foi até o estádio Rei Pelé, em Alagoas, e venceu o CRB, em um confronto direto pelo G4 da segundona. Com mais uma partida segura defensivamente e eficiente no ataque, o alviverde derrotou o time alagoano por 1 a 0, com gol do meia Élvis.

Com o triunfo, o Goiás assumiu a vice-liderança da Série B, com 42 pontos. O esmeraldino também chegou a sequência de 9 partidas sem perder, são 5 vitórias e 4 empates. Os goianos também quebrar a sequência de 11 jogos sem derrota do CRB, que também tinha a boa marca de não ter perdido em casa na competição. Os alagoanos acabaram caindo para a 4ª colocação, com 40.

Na próxima rodada, o alviverde volta para Goiânia, onde irá enfrentar o time do Brasil de Pelotas, no estádio da Serrinha, no próximo sábado (18), às 19 horas. Já o CRB continua a jogar no Rei Pelé, na quinta-feira (16), o Galo irá receber o Vasco.

Como foi o jogo entre CRB e Goiás?

O primeiro tempo entre CRB e Goiás foi marcado pelo amplo domínio de bola do time alagoano. Apesar de ter comandado as ações da primeira parte do jogo, o Galo não conseguiu ter eficiência para superar a melhor defesa da competição, do alviverde. A melhor chance dos donos da casa com com Marthã, que cabeceou no travessão.

O Goiás se manteve firme na defesa e em uma de suas poucas oportunidades no ataque marcou seu gol. Aos 24 minutos, a zaga do CRB afastou mal e Hugo cruzou nos pés de Élvis, que dominou e bateu de esquerda para marcar o gol esmeraldino. Os goianos ainda tiveram mais uma oportunidade novamente com Élvis, mas na entrada da área, o meia acertou a marcação.

No segundo tempo, o jogo foi mais de trocação. O CRB tentava pressionar, mas o Goiás conseguia sair nos contra-ataques. O CRB teve duas boas chances em finalizações de média distância. Na primeira Pablo Dyego mandou para fora, na segunda, Bressan obrigou Tadeu a fazer grande defesa.

Com o CRB mais ofensivo, o Goiás começou a ter espaços para contra-atacar, porem o esmeraldino não teve efetividade para matar o jogo. Já o CRB seguia levando perigo. Em cobrança de falta, Diego Torres bateu fechado e Tadeu fez mais uma boa defesa para decretar a vitória esmeraldina.