Concurso Público

Em Goiânia, Raul Jungmann afirma que serão criadas 500 novas vagas para a PRF até 2019

Ministro da Segurança Pública disse que os novos policiais serão incorporados até o primeiro semestre do ano que vem


Thais Lobo
Do Mais Goiás | Em: 18/10/2018 às 21:06:01

Assinatura do temo para construção das novas unidsdes da PRF ocorreu na tarde desta quinta-feira | Foto: Bárbara Zaiden/Mais Goiás
Assinatura do temo para construção das novas unidsdes da PRF ocorreu na tarde desta quinta-feira | Foto: Bárbara Zaiden/Mais Goiás

O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, esteve em Goiânia na tarde desta quinta-feira (18) para a entrega de viaturas e da assinatura de parceria com a Polícia Rodoviária Federal de Goiás (PRF), na sede do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes em Goiás (DNIT). Na ocasião, Jungmann afirmou que até 2019 serão criadas mais 500 vagas para a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

“No mesmo dia em que eu assumi, eu anunciei um edital para um concurso. E 500 novos policiais Rodoviários Federais serão incorporados até o primeiro semestre de 2019”, informou o ministro à imprensa.

Jugman ainda reforçou que a PRF tem dado exemplos de comprometimento e esforços, e que serão necessários mais agentes. Atualmente seriam aproximadamente 10 mil homens e mulheres em atuação.

Em Goiás, serão implantados seis novos postos operacionais da PRF. O protocolo foi assinado por Jugmann e pelo Ministros dos Transportes, Valter Casimiro. Além disso, foram entregues 36 novas viaturas.

Em Porangatu e Uruaçu as sedes que existem serão demolidas para a construção de um novo modelo, similiar ao que existe entre Anápolis e Goiânia, no meio da pista. As novas unidades serão construídas em Barro Alto, Cachoeira Alta, Jussara e Mineiros.

Um estudo foi feito para definir as localidades dos novos postos, onde há maiores índices de acidentes e rotas de criminalidade. O objetivo é facilitar a chegada das equipes e agilizar os atendimentos. Segundo a assessoria de
imprensa da PRF, o benefício também é para a Segurança Pública das regiões.

O investimento da PRF para as construções é de R$ 15 milhões. Já o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes em Goiás (DNIT) vai investir outros R$ 18 milhões. Para a construção destes postos no meio da pista, será necessária a duplicação de cerca de 1 KM dos trechos.

O ministro Valter Casimiro comentou a possibilidade das obras do anel viário na capital goiana. Segundo ele, existe a previsão de que seja feito o contorno, mas tudo depende do processo de concessão. “As concessionárias estão em dificuldades por conta dos empréstimos com o BNDES, mas os ministério tem feito gestão para reavaliar os investimentos e mudar os prazos”, disse.