Eleições 2016

Em Goiânia, Iris e Vanderlan vão para o segundo turno

Resultado final das urnas coincidiu com o já indicado pelas pesquisas. Delegado Waldir ficou em terceiro




Conforme já indicavam as pesquisas eleitorais, a decisão sobre quem será o novo prefeito de Goiânia vai ficar para o dia 30 de outubro. Iris Rezende (PMDB), com 40,47% votos e Vanderlan Cardoso (PSB), com 31,84%, foram os dois candidatos mais bem votados neste domingo (2), mas não conseguiram conquistar a maior parte dos votos válidos. Agora, vão para o segundo turno.

As apurações começaram por volta das 17h10 e Vanderlan manteve-se à frente até por volta das 18h, quando com 36% das urnas apuradas foi deixado para trás pelo candidato peemedebista.

Também correspondendo ao que indicavam as pesquisas eleitorais, o Delegado Waldir (PR) ficou em terceiro, com 10,48%. A surpresa da apuração veio com o candidato Francisco Jr, que ficou em quarto com 9,31% dos votos.

Já Adriana Accorsi ficou na quinta colocação, com 6,31%. Flávio Sofiati aparece em seguida, com 0,83% da preferência do eleitorado. Djalma Araújo foi o último colocado, com 0,35%.
resultado

Abstenções

O número de abstenções foi outra surpresa dessas eleições. Em Goiânia, apenas 79% dos eleitores foram as urnas exercer o direito e dever cívico. Outras 199 mil pessoas deixaram de votar na capital.

O votos brancos somaram 2,54% e os nulos 7,11%.