Em fim de semana de Villa Mix, PRF bate recorde de autuações por embriaguez ao volante

Mais de 140 motoristas foram flagrados dirigindo alcoolizados nas rodovias federais que passam por Goiás. Metade deles foi autuada na saída do festival

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) flagrou 147 motoristas dirigindo alcoolizados durante o final semana nas rodovias federais que passam por Goiás. A metade dos condutores foi autuada na saída do Villa Mix realizado na noite de sábado (1º) para domingo (2), no estádio Serra Dourada, em Goiânia. A estrutura montada pela PRF, em parceria com a Delegacia de Investigação de Crimes de Trânsito (Dict), foi a maior já realizada no Estado para combater a embriaguez ao volante, contando com 100 policiais das duas corporações.

O festival aconteceu às margens da BR-153. Com o objetivo de prevenir acidentes e inibir condutas irregulares dos motoristas, especialmente a de dirigir sob efeito de álcool, a PRF instalou uma estrutura que se assemelha a um posto de fiscalização no km 500 da rodovia, com a logística necessária para que os agentes realizassem todos os trâmites que a fiscalização requer. A Dict, por sua vez, disponibilizou a estrutura da delegacia e convocou servidores para dar maior celeridade nos flagrantes de crimes de trânsito.

Durante as sete horas de operação, que aconteceu das 20h as 3h, foram fiscalizados 433 veículos e cerca de 420 condutores passaram pelo teste do bafômetro, uma média de 60 testes por hora, sendo que a cada hora mais de 10 motoristas eram autuados em flagrante. Dos 74 reprovados no exame, seis foram presos por estarem com o teor alcoólico muito elevado, configurando crime de trânsito. Eles foram levados para a delegacia da polícia civil, onde foram arbitradas fianças de R$ 1 a 3 mil, considerando o poder econômico dos detidos. Dos condutores presos, dois estavam trabalhando como motoristas de Uber.

Raio-x dos motoristas autuados

O maior teor alcoólico registrado pelo bafômetro foi de 0,94 mg/l. Do total de motoristas autuados, apenas cinco eram mulheres, cinco são motoristas profissionais e seis não possuem habilitação para dirigir.

As carteiras de habilitação dos motoristas autuados após o show foram recolhidas pela PRF e serão devolvidas na tarde desta segunda-feira (3) na sede da PRF, no Jardim Guanabara, às margens da BR-153. Os condutores deverão passar por novo teste de alcoolemia para poder reaver o documento. A multa tem valor de quase R$ 3 mil, com 7 pontos na carteira e suspensão do direito de dirigir por um ano.