Em dois dias, bicicletas públicas compartilhadas fazem mais de 300 viagens

Novo sistema de transporte sustentável foi inaugurado na terça-feira em 15 estações distribuídas por pontos estratégicos da cidade

Em dois dias, mais de 300 viagens foram realizadas a bordo da Debike, a bicicleta pública compartilhada de Goiânia. O novo sistema de transporte sustentável foi inaugurado pelo prefeito Paulo Garcia na terça-feira (20), em 15 estações distribuídas por pontos estratégicos da cidade.

Até as 12h50 desta quinta-feira, 305 viagens estavam registradas no site do projeto. No endereço eletrônico, o cidadão pode fazer seu cadastrado para utilizar as bicicletas e acompanhar, em tempo real, a quantidade de viagens realizadas e as toneladas de crédito de CO2 geradas pelo uso do transporte não poluente.

Como participar

Em cada estação, há dez bicicletas disponíveis para locação. Os interessados em utilizá-las devem se cadastrar via internet. O aplicativo está disponível para as plataformas Android (GynDeBike) e iOS (DeBike). Após baixar o aplicativo e preencher os dados, deve ser escolhido o período de utilização e efetivado pagamento via cartão de crédito. O serviço tem quatro taxas de uso, R$ 4 para um dia, R$ 8 mensal, R$ 35 semestral e R$ 70 anual.

Concluído este processo, basta selecionar os números da estação e a bicicleta que irá retirar. O veículo é automaticamente liberado para ser utilizado pelo período de 60 minutos em dias úteis e 90 minutos aos domingos e feriados. A bicicleta deve ser devolvida em uma estação no limite do horário estipulado, dependendo do dia da semana (1h ou 1h30). Para próximo aluguel, é necessário esperar um intervalo de 15 minutos. Decorrido prazo sem a entrega, é debitada uma multa no cartão do usuário no valor de R$ 5 e um novo período de uso começa a transcorrer.