GOIÂNIA

Elias Vaz critica adversários “importados de Aparecida e Senador Canedo”

Oficializado candidato do PSB a prefeito da Capital, Elias diz que eleitor "não aceita cabresto" e "candidatos favoritos"


Alexandre Bittencourt
Do Mais Goiás | Em: 16/09/2020 às 11:24:44

Candidato do PSB a prefeito de Goiânia, Elias Vaz (Foto: Assessoria)
Candidato do PSB a prefeito de Goiânia, Elias Vaz (Foto: Assessoria)

Na convenção virtual que oficializou a sua candidatura a prefeito de Goiânia, na manhã desta quarta-feira, Elias Vaz (PSB) fez críticas aos também candidatos Maguito Vilela (MDB) e Vanderlan Cardoso (PSD), tidos como favoritos desta eleição. Elias classificou-os como políticos “importados” de Aparecida de Goiânia e de Senador Canedo, respectivamente. “Eles entendem muito, mas dos municípios de onde eles vieram. Quem entende muito de Goiânia sou eu”.  

Elias foi ratificado candidato em aliança com o PDT e a Rede Sustentabilidade. O PDT indicou para a vice o vereador Paulinho Graus, que era pré-candidato a prefeito. A Rede Sustentabilidade retirou a candidatura de Maria Ester de Souza. Nem Paulinho, nem Maria Ester participaram a convenção. A justificativa foi a de que Paulinho está com Covid-19 e Maria Ester ministrava aula nesta manhã. 

Elias fez discurso delineado por críticas à administração do prefeito Iris Rezende (MDB). Lamentou, por exemplo, o fato de Iris ter feito uma gestão ineficiente na área de saúde. “Tem gente que nao está preocupado se a saúde está ruim, porque tem dinheiro para pagar plano de saúde. Mas este não é o caso da maioria da população”, disse o candidato do PSB. Reclamou também do fato de o prefeito não ter implementado o IPTU progressivo, pauta de emenda dele, Elias: “não implementou porque não teve interesse em combater a especulação imobiliária”. 

O candidato reagiu a comentários de que a eleição polarizará entre Maguito e Vanderlan e lembrou que, na eleição de 2000, a postulação tida como favorita – a de Lúcia Vânia – sequer alcançou o segundo turno. “A história mostra que o eleitor de Goiânia não aceita cabresto. Não existe esse papo de que candidatos apoiados por Iris e pelo governador são os que vão ganhar”. 

Rede Sustentatibilidade

Merece menção a intervenção de Hugo Leonardo, que na convenção representou o Rede Sustentabilidade. Embora o partido tivesse pré-candidata a prefeito há até poucos dias, Hugo afirmou que o desejo da legenda “sempre foi montar uma aliança de forças progressistas” em Goiânia.