Do Mais Goiás

Durante pandemia, advogados querem levar acessibilidade à Justiça usando tecnologia

Com preços acessíveis, escritório de advocacia aposta em consultas virtuais

Justiça indefere candidatura de ex-vice de Dra. Cristina à Câmara
Justiça indefere candidatura de ex-vice de Dra. Cristina à Câmara

A pandemia fez com que o ato de sair de casa se tornasse penoso e desafiador. Ações do dia a dia, como ir ao supermercado, são uma luta diária. O mesmo acontece quando é necessário resolver problemas mais densos, como questões legais e processuais. Tendo a tecnologia como aliada, um escritório de advocacia de Goiânia quer que o coronavírus não seja empecilho para que aqueles que precisem necessitem de um advogado.

Para evitar que as pessoas se afastem ainda mais da Justiça, o escritório H. Michelone Advogados Associados disponibiliza a possibilidade de fazer consultas por videoconferência. No site da empresa, o cliente só precisa escolher o dia, o horário e o tempo que deseja com um profissional (15 minutos, 30 minutos ou uma hora), pagar pelo serviço (R$ 1 por minuto) e esperar a confirmação. Um link é enviado e, na data confirmada, entrar em uma sala de bate papo.

“Queremos levar acesso à Justiça para quem não pode sair de casa, mas, principalmente, para quem não pode pagar grandes valores”, explica Halisson Michelone. “Muitas vezes, o cliente tem um caso simples, que em um encontro pode ser resolvido, mas não tem como ir até o escritório, ainda mais durante a pandemia. Além do mais, o encontro virtual corta custos e assim o cliente não terá que pagar R$ 200 ou R$ 300 pela consulta presencial”.

Durante pandemia, advogados querem levar acessibilidade à Justiça usando tecnologia

(Foto: Divulgação)

O foco é resolver dúvidas rápidas. Para otimizar o tempo, segundo Halisson, há até mesmo a opção de enviar os documentos ou um resumo prévio da pauta antes da consulta.

O administrador Humberto Martins foi uma das primeiras pessoas a solicitar este serviço. Apesar de jovem, ele faz parte do grupo de risco e não tem saído de casa durante a pandemia do novo coronavírus. “Estou com um problema familiar e precisei procurar um advogado. Busquei na internet sobre consultas online e cliquei no link do escritório. Agendei minha conversa para o mesmo dia, paguei e, em poucas horas, já estava conversando com o advogado”, narrou. “Tirei todas as minhas dúvidas e encerrei o bate-papo satisfeito”.

Segundo Humberto, a funcionalidade aproxima as pessoas do Direito, que, para ele, é um meio ainda muito tradicional. “Outros profissionais poderiam seguir a mesma linha, inclusive”, afirma.

Por ser um serviço online, qualquer pessoa, em qualquer lugar do mundo pode agendar uma conversa com os advogados. Segundo Halisson, os advogados que realizam os atendimentos são especialistas estão aptos a conversar sobre as cinco principais áreas do Direito: Civil, Trabalhista, Tributário, Empresário e Criminal.

Durante pandemia, advogados querem levar acessibilidade à Justiça usando tecnologia

(Foto: Divulgação)