FolhaPress

Durante blitz, mulher descobre que companheiro usava nome falso e era foragido em MG

Casal tinha um relacionamento há três anos e viajava de Janaúba, no norte de Minas Gerais, para Itanhaém, em São Paulo

Mulher descobre em blitz que companheiro usava nome falso e era foragido
Mulher descobre em blitz que companheiro usava nome falso e era foragido (Foto: PRF/Divulgação

Uma mulher descobriu em uma blitz na BR-381, em Betim (MG), na região metropolitana de Belo Horizonte, que o companheiro dela usava um nome falso havia 12 anos.

O homem de 38 anos era foragido da polícia pelo crime de latrocínio — roubo seguido de morte. O casal tinha um relacionamento há três anos e viajava de Janaúba, no norte de Minas Gerais, para Itanhaém, em São Paulo, quando toda a história veio à tona.

De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal, na tarde de ontem, estava sendo realizada uma fiscalização de rotina na BR-381. Um veículo VW Gol foi parado e o motorista apresentou a Carteira Nacional de Habilitação. Os policiais, então, perceberam que havia indícios de adulteração no documento.

Diante disso, foi feita uma pesquisa nos sistemas criminais. Nesse momento, a identidade real do homem foi descoberta. Foi constatado que ele fugiu da penitenciária de Janaúba em 2009 e posteriormente passou a utilizar o nome de um sobrinho. Os dois têm idades próximas. Após ter sido descoberto, o homem foi encaminhado para à Polícia Federal em Belo Horizonte para que fossem tomadas as devidas providências.