"Abaixa o som"

Dupla Zé Neto & Cristiano planeja reduzir shows em 2019

Eles, no entanto, parecem dispostos a tentar e já planejam lançar novas músicas no início de janeiro, do material acústico gravado há algumas semanas


FolhaPress
FolhaPress
Do FolhaPress | Em: 27/12/2018 às 17:52:32

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Era fim da madrugada de domingo quando a dupla Zé Neto e Cristiano chegou para se apresentar em Ribeirão Preto, no interior paulista. Vinham de um show no litoral do estado e, assim que deixassem o palco, já com o dia claro, seguiriam para o Rio de Janeiro para novos compromissos. Descanso não estava nos planos.

Essa tem sido a rotina da dupla sertaneja que liderou os rankings de artistas mais ouvidos nas plataformas de streaming, Spotify e Deezer em 2018, além de ter o clipe mais visto no YouTube, com a música “Largado às Traças”.

“Está bem complicado. A gente está fazendo uma média de dois shows por dia. É bem puxado, desgastante, mas também bem compensador. O carinho do público e tudo que tem somado à nossa carreira está sendo incrível”, afirmou Zé Neto, antes de subir ao palco em Ribeirão, por volta das 5h do último domingo (9).

Horas depois, os dois já estavam no Rio recebendo o prêmio Melhores do Ano, no Domingão do Faustão (Globo), pela melhor música do ano, também com “Largado às Traças”. Mais dois shows viriam naquele domingo após deixarem o programa.

Juntos desde 2011, os amigos de São José do Rio Preto, no interior paulista, afirmam que o sucesso conquistado em 2018 foi resultado da paciência, da perseverança e do amadurecimento dos últimos anos. “Em momento algum a gente dormiu, abaixou a cabeça ou parou de trabalhar para que isso acontecesse”, afirma Cristiano.

“Tudo colaborou. O mercado também ficou um pouco carente de uma dupla masculina após a ascensão das duplas femininas. Não desmerecendo as meninas, de forma alguma, acho que é normal. No ano que vem, pode ser que o ‘feminejo’ fique carente de novidades, e estoure outra dupla ou solo feminino”, completou.

No balanço, a dupla afirma que será difícil um outro ano superar o que foi 2018 em sua carreira. Eles, no entanto, parecem dispostos a tentar e já planejam lançar novas músicas no início de janeiro, do material acústico gravado há algumas semanas. Os shows, no entanto, devem ser reduzidos.

“Vamos dar uma segurada nesse negócio de dois shows por dia. A ideia é fazer um show por dia pra podermos fazer uma entrega melhor. Trabalhar bastante, mas da maneira certa. Com saúde, responsabilidade. Esse ano foi pra gente refletir muito, e acho que vale a pena fazer uma entrega melhor”, disseram eles.