Apologia

Dupla sertaneja é presa por suspeita de apologia às drogas

Junior e Gustavo foram detidos ao cantar funks conhecidos em show, na madrugada desta segunda-feira





//

A dupla sertaneja Junior e Gustavo foi detida pela PM, na madrugada desta segunda-feira (7/09), durante um show na Exposição Agropecuária de Macuco, na Região Serrana do Rio de Janeiro.

A apresentação foi interrompida porque, segundo informações da PM, os cantores estavam fazendo apologia às drogas com músicas de funk.

Segundo informações da PM dadas ao G1, a apresentação foi interrompida porque os cantores estavam fazendo apologia às drogas com músicas de funk. Parte da confusão foi registrada em vídeo:

A dupla foi levada em viaturas da polícia para a delegaciao, onde prestaram depoimento e foram liberados. Quando os músicos entraram na viatura, houve gritaria e vaias à ação da PM.

“Não é a primeira vez que essa dupla é autuada. A primeira foi em Nova Friburgo durante um show no aniversário da cidade, no ano passado. Eles querem ‘inflamar’ a população cantando esse tipo de música”, afirmou o coronel Carlos Eduardo Hespanha, comandante da Polícia Militar na região.

Sertanejos negaram qualquer apologia

Junior, cantor da dupla, confirmou ao portal que este foi o segundo incidente:

“Só tivemos problema por cantar funk em show duas vezes. Uma em Nova Friburgo e agora em Macuco, cidades cobertas pelo mesmo batalhão. Se nós estivéssemos fazendo apologia, acha que cantaríamos no meio do povo?”, questionou Junior.

Segundo a assessoria de imprensa dos cantores, o som foi interrompido no momento em que a dupla cantava um mix com quatro funks antigos: Rap da Felicidade, Rap do Silva, Rap do Salgueiro e Rap da Estrada da Posse.