Seleção Brasileira

Dunga tira Oscar por lesão e convoca Casemiro como surpresa

Outra novidade foi a volta de Everton Ribeiro, que está no futebol dos Emirados Árabes.





//

A convocação da Seleção Brasileira para a Copa América, que será disputada no Chile a partir de 11 de junho, apresentou, ao menos, três surpresas em relação às últimas listas. Titular em todos os amistosos nesta segunda passagem de Dunga, o meia Oscar foi cortado por conta de um problema físico e deve ser poupado para disputar as Eliminatórias. Já Casemiro vem se destacando no Porto-POR e foi chamado para a vaga de Souza no meio-campo. Outra novidade foi a volta de Everton Ribeiro, que está no futebol dos Emirados Árabes.

Do meio-campo para trás, a lista convocatória não teve surpresas. No gol, Jefferson segue como primeira opção, seguido por Marcelo Grohe e Diego Alves, que também foram convocados para os últimos amistosos, contra França e Chile, em março. Nas laterais, as opções seguem as mesmas, assim como na zaga, que tem domínio amplo do Paris Saint-Germain, com David Luiz, Thiago Silva e Marquinhos.

Além de Casemiro como surpresa no meio-campo, ocupando a vaga de Souza, do São Paulo, o setor de armação da Seleção também terá novas peças. Convocado nos primeiros amistosos, ainda em 2014, Everton Ribeiro voltou a ser chamado pela primeira vez após sua transferência aos Emirados Árabes. Bicampeão com o Cruzeiro, o meia entra na vaga de Oscar, que se lesionou em treinamento do Chelsea e será poupado.

Diego Tardelli, que ficou fora dos últimos amistosos em março por conta de lesão, e foi substituído por Luiz Adriano, volta à lista convocatória ao lado de Roberto Firmino, Neymar e Robinho. O último, inclusive, chegou a figurar em alguns amistosos nesta segunda passagem de Dunga, e esteve presente na Copa América de 2007, conquistada sob seu comando.

Além da lista de atletas, a comissão técnica brasileira anunciou os auxiliares pontuais da vez. Para os amistosos preparatórios, Clodoaldo, tricampeão com a amarelinha no México, em 1970, acompanhará a delegação. Já na Copa América, o responsável por auxiliar a comissão será Mauro Silva, que jogou ao lado de Dunga em 1994 e foi o primeiro auxiliar, nomeado ainda em julho de 2014, para acompanhar os primeiros amistosos da nova Era Dunga.

A esses 23 nomes, ainda se somarão outros sete, que assim como na Copa do Mundo, servirão como suplentes à lista principal. A convocação é válida também para os dois amistosos que antecederão à viagem ao Chile. Dia 7 de junho, a Seleção Brasileira encara o México em jogo no Allianz Parque, e dois dias depois, vai a Porto Alegre para enfrentar Honduras. A estreia na Copa América está marcada para dia 14 de junho, diante do Peru.

Confira a lista dos 23 nomes anunciados por Dunga:

Goleiros:
Jefferson (Botafogo)
Marcelo Grohe (Grêmio)
Diego Alves (Valência-ESP)

Laterais:
Fabinho (Mônaco-FRA)
Marcelo (Real Madrid-ESP)
Filipe Luís (Chelsea-ING)
Danilo (Porto-POR)

Zagueiros:
David Luiz (PSG-FRA)
Thiago Silva (PSG-FRA)
Marquinhos (PSG-FRA)
Miranda (Atlético de Madri-ESP)

Volantes:
Luiz Gustavo (Wolfsburg-ALE)
Fernandinho (Manchester City-ING)
Elias (Corinthians)
Casemiro (Porto-POR)

Meio-campistas:
Everton Ribeiro (Al-Ahly)
William (Chelsea-ING)
Philippe Coutinho (Liverpool-ING)
Douglas Costa (Shakhtar Donetsk-UCR)

Atacantes:
Neymar (Barcelona-ESP)
Roberto Firmino (Hoffenheim-ALE)
Diego Tardelli (Shandong Luneng-CHI)
Robinho (Santos)