Do Mais Goiás

Duas mulheres são presas com maconha avaliada em R$ 200 mil, em Abadia de Goiás

As suspeitas, de 18 e 27 anos, estavam com quatro quilos de skunk e levariam a droga até Brasília.

Duas mulheres são presas com maconha avaliada em R$ 200 mil, em Abadia de Goiás
Duas mulheres são presas com maconha avaliada em R$ 200 mil, em Abadia de Goiás

Duas mulheres foram flagradas com quatro quilos de uma variedade da maconha dentro de um ônibus na BR-060, em Abadia de Goiás, a cerca de 25 km de Goiânia. A droga, conhecida como skunk, está avaliada em cerca de R$ 200 mil. A identidade delas não foi revelada em respeito à Lei de Abuso de Autoridade.

De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), as duas suspeitas, de 18 e 27 anos, viajavam em um ônibus de linha, que saiu de Porto Velho (RO) com destino a Brasília. As drogas foram localizadas por cães farejadores, durante fiscalização de rotina do veículo.

As mulheres afirmaram que saíram de Brasília e foram até Pontes e Lacerda (MT). Lá elas receberam a droga e deveriam voltar para a capital. Elas ressaltaram ainda que receberiam R$ 1 mil cada pelo transporte dos entorpecentes.

As suspeitas e a droga apreendida foram encaminhadas para a Central de Flagrantes do município de Trindade. Elas devem responder pelo crime de tráfico de drogas. Se condenadas, podem pegar entre três e 15 anos de prisão.