Do Mais Goiás

Duas mulheres disputam eleição para cargo de reitor da UFG

Elas disputam o cargo atualmente ocupado pelo reitor Edward Madureira, cujo mandato acaba em 2022

Candidatas a reitor da UFG (Foto: Reprodução)

A eleição para reitor da Universidade Federal de Goiás (UFG), que será realizada entre os dias 8 e 9 de junho, conta com duas chapas lideradas por mulheres para o mandato de 2022 – 2026. Sandramara Chaves lidera a Chapa UFG Viva e Maria Fioravantis encabeça a Chapa Movimenta UFG. Elas disputam o cargo atualmente ocupado por Edward Madureira, cujo mandato acaba em 2022.

Sandramara é vice-reitora e tem apoio de Edward. Graduada em pedagogia com doutorado em pela Universidade de São Paulo (USP), atua diretamente com formação de professores. Ela foi pro-reitora de graduação da UFG, entre 2006 e 2014, e presidente do Fórum Brasileiro de Pró-reitores de graduação em 2008. A Chapa UFG Viva tem, como candidato a vice-reitor, o docente de física Jesiel Freitas Carvalho.

Maria Fioravantis é graduada em veterinária e doutorado em clínica veterinária pela Universidade Estadual Paulista, em 1999. Atualmente ela exerce o cargo de diretora da Escola de Veterinária e Zootecnia da Universidade Federal de Goiás. Ao lado da vice-diretora, Ozana de Fátima, foram as primeiras mulheres a ocupar a direção administrativa da faculdade. A Chapa Movimento UFG tem como candidato a vice-reitor o professor de filosofia Adriano Correia.

Debate

Na próxima quarta-feira (5) às 17h, o Sindicato dos Docentes das Universidades Federais (Adufg) realiza um debate, realizado em live pelo Youbube entre as duas candidatas. As perguntas podem ser enviadas pelo email [email protected]