Efeito dominó

Doze pessoas são presas durante operação contra tráfico de drogas em Ipameri

Polícia Civil cumpriu 22 mandados, apreendeu 5 armas de fogo, um simulacro de pistola e várias porções de droga


Thaynara Cunha
Do Mais Goiás | Em: 26/09/2018 às 11:38:04

(Foto: Divulgação/Polícia Civil)
(Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Doze pessoas envolvidas em tráfico de drogas foram presas nesta terça-feira (25) durante a operação Efeito Dominó deflagrada pela Polícia Civil (PC) no município de Ipameri, localizado a 199 quilômetros de Goiânia. A ação, coordenada pela delegacia de Ipameri (DP), desarticulou a associação criminosa responsável pelo tráfico na cidade. A quantidade de crack e maconha apreendida na operação não foi revelada.

Segundo Diogo Andrade Ferreira, delegado responsável pela operação, ao todo foram cumpridos 11 mandados de busca e apreensão e 11 de prisão preventiva. Além dessas prisões, outro suspeito foi preso ao ser flagrado com várias espingardas: uma calibre 28, uma calibre 44, uma calibre 20, uma calibre 32 e uma de fabricação artesanal. Após ser apreendido, o suspeito pagou a fiança e foi liberado.

(Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Foram cumpridos mandados de prisão preventiva contra Weberton da Silva Santos, de 25 anos; Idalina Rosa da Silva, de 46 anos; Guilherme Gomes Gervásio, de 21 anos; Dione Francisco do Nascimento, de 30 anos; Igor Nolato da Silva, de 20 anos; Micael Vale da Silva, de 21 anos; Ravel Bruno de Oliveira, de 29 anos; Bruno Nunes Florêncio, de 23 anos; Antônio Ovídio do Nascimento, de 18 anos; Kerlisson Assis de Paiva, de 21 anos.

Segundo informações da PC, a maioria dos envolvidos possui antecedentes criminais. Os suspeitos Bruno Nunes e Ravel Bruno têm passagens pela polícia pelo crime de homicídio. De acordo com a corporação, os integrantes da associação eram responsáveis por funções específicas como armazenamento da droga, preparação, distribuição e por zelar dos apetrechos para a preparação da droga.

Informações sobre quem coordenava a associação e quais as funções específicas de cada integrante não puderam ser repassadas pela PC devido ao inquérito ainda estar aberto. A corporação teme que a divulgação dessas informações possam prejudicar as investigações.

Cerca de 50 policiais civis contribuíram com a operação que contou com o apoio logístico das delegacias de Catalão, Pires do Rio, Vianópolis, Goiandira, Cumari e Orizona. A operação é resultado de um longo período de investigações realizadas pela delegacia de Ipameri sobre os crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e crimes patrimoniais, inclusive furtos ocorridos na zona rural.

Ao todo, a operação apreendeu cinco espingardas, um simulacro de pistola, várias porções de droga e os equipamentos utilizados para a preparação da droga. Os suspeitos foram presos e encaminhados pela Polícia Civil para o presídio local. O delegado tem 30 dias para concluir o inquérito e entregá-lo à Justiça para que os acusados sejam investigados pelos crimes de tráfico de drogas e associação criminosa para tráfico de drogas.

*Thaynara Cunha é integrante do programa de estágio do convênio entre Ciee e Mais Goiás, sob orientação de Thaís Lobo