Economia

Dólar tem maior queda diária em um ano e meio e fecha abaixo de R$ 3,15

A cotação teve a maior queda em um único dia desde setembro de 2013.




Depois de se aproximar de R$ 3,30 na semana passada, a moeda norte-americana iniciou a semana com recuo expressivo. O dólar comercial encerrou o dia vendido a R$ 3,145, com queda de R$ 0,085 (-2,63%). A cotação teve a maior queda em um único dia desde setembro de 2013.

Com o desempenho desta segunda-feira (23), a divisa registra queda de 4,89% nas duas últimas sessões. A moeda norte-americana, no entanto, acumula alta de 10,1% em março e de 18,3% em 2015.

A cotação operou todo o dia em queda. O dólar foi vendido pela primeira vez abaixo de R$ 3,15 por volta das 15h. Logo depois, foi vendido a R$ 3,16, mas voltou a cair na última hora da sessão, até fechar no valor mínimo do dia.

O dólar caiu em todo o planeta após a última reunião do Federal Reserve, Banco Central norte-americano, na semana passada. Indicadores contraditórios relativos à produção, ao emprego e ao consumo apontam que a recuperação econômica dos Estados Unidos pode atrasar, o que adiaria o aumento dos juros da maior economia do planeta. Caso os juros nos países desenvolvidos permaneçam baixos por mais tempo que o previsto, o fluxo de capital para os países emergentes, como o Brasil, continuará ativo, segurando a cotação do dólar.

Tópicos