FolhaPress

Dólar sobe 0,4% e volta a R$ 4,20 nesta quarta-feira

Investidores temem a proliferação do coronavírus Wuhan, que já matou seis pessoas, com casos na China, EUA, Coréia do Sul, Tailândia e Japão

Mesmo com estímulos de BCs, Bolsa cai mais de 5% e dólar sobe para R$ 5,13
Mesmo com estímulos de BCs, Bolsa cai mais de 5% e dólar sobe para R$ 5,13

A cotação do dólar fechou em alta de 0,4% nesta terça-feira (21), a R$ 4,208, maior valor desde 2 de dezembro.

Investidores temem a proliferação do coronavírus Wuhan, que já matou seis pessoas, com casos na China, EUA, Coréia do Sul, Tailândia e Japão. Além da propagação da doença, há cautela com o que está por vir no Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça.

Dentre emergentes, o real foi a sexta moeda que mais se desvalorizou na sessão, marcada pela aversão a risco. Bolsas globais operam em queda e ativos seguros, como o ouro, se valorizam. Na semana, o real é a moeda que mais perde valor em relação ao dólar, com a expectativa de queda da taxa Selic.

Nesta sexta (24), a China dá início a comemorações do Ano Novo Lunar e os mercados acionários do país permanecem fechados até o dia 30. Antes de feriados, investidores tendem a vender ativos e embolsar ganhos.

O Ibovespa recua 1%, a 117.026 pontos.