Deu ruim

Dois novos Galaxy Note 7 explodiram

Samsung teria parado a linha de produção após novos incidentes




Parece que deu ruim no recall do Galaxy Note 7. Segundo o Engadget, o The Verge e o Gamespot, um varejista dos EUA afirmou que dois novos aparelhos explodiram e que eles vão parar de fazer as substituições.

 

Segundo os sites, um homem na Flórida acordou de manhã para encontrar seu celular novo queimado sobre a cômoda após trocar o seu modelo antigo no final de setembro. Outro, no final da semana passada, pegou fogo em um voo em Baltimore.

 

São pelo menos 4 casos de substitutos em chamas nos EUA. Segundo os sites, pelo menos dois casos foram confirmados. A loja AT&T parou de fazer as substituições: os consumidores agora podem devolver seu velho Galaxy Note e pegar outro modelo de celular no mesmo valor.

 

Mas fica pior: segundo o Engadget, a Samsung teria reconhecido o problema e parado a linha de produção na Coreia do Sul. A notícia saiu primeiro o periódico coreano Yonhap News e disse que a decisão veio após pressão de órgãos de segurança na Coreia do Sul, nos EUA e na China.

 

Mais tarde, a notícia foi confirmada pelo Wall Street Journal e pela BBC. Segundo a rede de notícias britânica, a empresa confirmou que parou a produção até elaborar uma solução para o problema com suas baterias.