Anápolis

Dois moradores de rua morrem durante o final de semana em Anápolis; IML descarta hipotermia

A suspeita preliminar era de que ambos tivessem morrido em decorrência das baixas temperaturas registradas em todo o Estado durante o final de semana. Contudo, os exames macroscópicos constataram cirrose hepática e infarto


Kayque Juliano

Do Mais Goiás | Em: 08/07/2019 às 10:25:12


Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O Instituto Médico Legal (IML) de Anápolis descartou a possibilidade hipotermia nos casos dos moradores de rua encontrados mortos durante o final de semana, em Anápolis, na região Central de Goiás. Como a morte foi natural, a causa é investigada pelo Serviço de Verificação de Óbito (SVO). Contudo, os exames macroscópicos constataram as causas básica sendo cirrose hepática e infarto. O Laudo completo deve ficar pronto em 30 dias.

Os moradores de rua foram encontrados mortos na manhã de sábado (6) e domingo (7), nos bairros JK e Maracanã, respectivamente. Os cadáveres foram encontrados sem sinais de agressões e agasalhados. Contudo, como a temperatura na cidade chegou aos 7 graus neste final de semana, os médicos não descartaram a possibilidade de hipotermia.

De acordo com a Secretária de Desenvolvimento Social de Anápolis, Eerizânia de Freitas Lobo, a pasta tem realizado ações juntamente com a Secretaria de Esportes para atender os moradores em situação de rua. “A ação já é desenvolvida desde 2017, mas no período de frio nós intensificados. Então nós oferecemos alojamentos para os moradores de rua no Ginásio Internacional Newnton de Faria para que eles possam passar a noite, tomar banho quente, dormir em camas com colchões, lençóis, travesseiros e cobertores. Os abrigados também vão receber comida”, explica a secretária.

Segundo a secretária, um veículo percorre a cidade para identificar os moradores em situação de rua para realizar a conscientização. Ela reforça a necessidade de engajamento de toda a população. ” É muito importante toda a população abraçar a causa e ajudar no trabalho de conscientização, já que muitos desses moradores se recusam receber o atendimento por usar substâncias psicoativas”, reforça Eerizânia.

(Foto: Divulgação/ Secom Anápolis)

Frio deve continuar

Este domingo foi o dia mais frio do ano no estado. De acordo com o Centro de Informações Meteorológicas e Hidrológicas de Goiás (Cimehgo), a massa de ar polar que chegou no final de semana começa a perder a intensidade, mas as temperaturas mínimas devem continuar baixas nos próximos dias. O órgão também alerta que a umidade relativa do ar pode ficar muito baixa no período da tarde.

A previsão do Inmet para Anápolis, na segunda-feira (8), é que os termômetros marquem entre 8ºC e 27ºC. Já na terça-feira, de 12ºC a 25ºC.