Do Mais Goiás

Dois integrantes de quadrilha de roubo de banco morrem em confronto com a Rotam, em Aparecida de Goiânia

Willian Souza de Oliveira e Paulo Henrique de Oliveira Feitoza eram integrantes de uma quadrilha de São Paulo e tinham vasta ficha criminal

Dois homens morreram na noite deste sábado (1º) após confronto com equipes da Rondas Ostensivas Metropolitanas (Rotam) no bairro Vila Maria, em Aprecida de Goiânia. Segundo a Polícia Militar, Willian Souza de Oliveira e Paulo Henrique de Oliveira Feitoza eram integrantes de uma quadrilha de São Paulo e tinham vasta ficha criminal.

A ação aconteceu após a Rotam receber informações do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público do Estado de São Paulo e da Inteligência da PM paulista sobre um local no bairro Vila Maria que seria utilizado como base de organização de criminosos para a prática de estouro de caixas eletrônicos na região metropolitana de Goiânia.

Ainda de acordo com a PM, ao chegar no local, as equipes da Rotam foram recebidas a tiros. Os policiais revidaram e alvejaram Willian e Paulo Henrique, que chegaram a ser socorridos pelo Corpo de Bombeiros, mas não resistiram.

Willian e Paulo Henrique exibem explosivos | Foto:Divulgação/PMGO

No local, foram apreendidos pela Polícia Civil três explosivos prontos para serem detonados, três armas de fogo, sendo duas pistolas de calibre restrito e uma espingarda calibre 12, tocas ninjas e materiais que seriam utilizados na ação criminosa, além de um veículo roubado com as placas clonadas. O esquadrão antibombas do Batalhão de Operações Especiais (Bope) também esteve no local e realizou a remoção e detonação do material explosivo.