Confronto

Dois bandidos que assaltaram joalheria em shopping de Aparecida morrem em confronto com a PM

Suspeitos estavam reunidos em uma mata na Serra das Areias quando foram surpreendidos por equipes do Graer e CPE


Altemar Santos

Do Mais Goiás | Em: 18/03/2019 às 20:38:18


Foto: Polícia Civil
Foto: Polícia Civil

Três homens suspeitos de roubo morreram após troca de tiros com policiais militares na tarde desta segunda-feira (18), na Serra das Areias, em Aparecida de Goiânia. Dois dos mortos, segundo a polícia, participaram, na tarde de domingo (17), também em Aparecida de Goiânia, do assalto a uma joalheria que fica dentro de um shopping.

Militares da Companhia de Policiamento Especializado (CPE), de Aparecida de Goiânia, e do Grupo de Radio Patrulha Aérea (Graer), chegaram até o local onde quatro suspeitos estavam escondidos no meio da mata, na Serra das Areias, após receberem uma denúncia anônima. Segundo a PM, assim que avistaram os policiais, os suspeitos atiraram, e, no confronto, três deles foram baleados, e um conseguiu fugir.

Dois dos mortos, segundo o delegado Carlos Levergger, titular do 5º Distrito Policial de Aparecida de Goiânia, participaram do assalto à joalheria Deville, na tarde de ontem. Apesar de reconhecer dois dos suspeitos, apenas um foi identificado. José Walman Paiva Filho, de 26 anos, já possui inúmeras passagens criminais, e estava cumprindo pena por roubo, no regime semiaberto.

O outro morto, que assim como José Walman também foi filmado durante o roubo ocorrido ontem, é um adolescente que, segundo o delegado, possui inúmeras passagens por diferentes delitos, incluindo latrocínio (roubo seguido de morte).

O terceiro suspeito que morreu no confronto ainda não foi identificado, e não há comprovação de que ele tenha participado do assalto no shopping. Após a troca de tiros, a PM apreendeu com os mortos uma pistola calibre Ponto 40 que havia sido roubada recentemente de uma agente da Polícia Civil de Goiás.

Os outros dois homens que invadiram a joalheria, e um quinto assaltante que ficou do lado de fora do shopping, e deu fuga para os comparsas em um HB 20 prata, ainda não foram identificados. Até o início da noite, as equipes do Graer e da CPE continuavam fazendo buscas na Serra das Areias à procura de outras armas, objetos roubados, e do quarto suspeito que fugiu durante o tiroteio.