Política

Dirigente nacional do PP lança Marconi à Presidência da República

“O trabalho realizado em Goiás é modelo para o Brasil”, disse Ciro Nogueira (PI) durante filiação do senador Wilder Morais ao Partido Progressista





//

O governador Marconi Perillo (PSDB) voltou a ter seu nome apontado como pré-candidato à Presidência da República em 2018. Dessa vez, o lançamento foi feito pelo presidente nacional do PP, senador Ciro Nogueira (PI). “Meu maior sonho é tê-lo como candidato pelo nosso partido. O trabalho que o senhor tem executado em Goiás é modelo para o Brasil”, disse em discurso durante evento de filiação do senador Wilder Morais, ex-DEM, ao Partido Progressista.

Senador pelo Piauí, Ciro Nogueira afirmou que Marconi transformou a realidade do Estado e que o País ganharia muito caso o governador goiano seja presidente da República. “O senhor tem feito muito pela sua terra. Está na hora do Brasil ser conduzido por alguém com sua capacidade”, disse diante de fortes aplausos no ato político realizado na Mansão Cristal, no Jardim Goiás.

Não foi a primeira vez que Marconi Perillo teve seu nome colocado como possível presidenciável por uma liderança de outro Estado. Recentemente, o governador do Mato Grosso, Pedro Taques (PSDB), colocou o tucano em primeiro lugar na lista de presidenciáveis do seu partido, quando perguntando sobre os candidatos da sigla ao Palácio do Planalto em 2018.

O nome de Marconi Perillo tem sido alçado à Presidência da República em um bom momento da sua gestão em Goiás. Mesmo com o cenário de crise financeira nacional, o governador conseguiu emplacar uma extensa agenda positiva. Recentemente, o tucano lançou o maior programa de inovação tecnológica do Brasil, intitulado “Inova Goiás”. Com a ação, conseguiu se firmar, mais uma vez, como gestor de um Estado que aponta rumos para o Brasil.

Outras lideranças nacionais que discursaram durante a filiação do senador Wilder Morais ao PP destacaram Marconi como líder “moderno, ousado e que aposta em políticas de inovação mesmo diante de um cenário econômico nacional desfavorável”. Segundo observaram, o programa do Governo do Estado vai preparar Goiás para o período pós-crise.