Política

Dilma é honrada e não está envolvida em corrupção, diz FHC

Em entrevista à revista alemã Capital, ex-presidente diz que escândalos vêm do governo Lula





//

Em entrevista à revista alemã de economia Capital, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) defendeu a presidente Dilma Rousseff, afirmando que ela não está envolvida no escândalo de corrupção na Petrobras.

“Eu a considero uma pessoa honrada”, disse FHC em entrevista publicada – em alemão – na edição deste sábado (1º) da revista, informou a agência de notícias Deutsche Welle.

O ex-presidente, porém, não poupou o PT. “Mas o partido dela [está envolvido], sim, claro. O tesoureiro está na cadeia”, afirmou.

FHC atribuiu ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) a responsabilidade política pelo escândalo de corrupção na Petrobras. “Tudo começou bem antes, em 2004, com o Lula, com o escândalo do mensalão (…) Politicamente responsável ele [Lula] é com certeza.”

FHC disse ainda que há um lado bom na atual crise. “Os cidadãos veem que as instituições funcionam: o Ministério Público, a Polícia Federal, toda essa Operação Lava Jato.”

Sobre o mensalão, FHC afirmou considerar impossível que Lula não soubesse de nada, mas disse que seria ir longe demais prendê-lo. “Para colocá-lo atrás das grades, é necessário haver algo muito concreto. Talvez ele tenha que depor como testemunha. Isso já seria suficientemente desmoralizante.”

Em outro ponto da entrevista, FHC elogiou Lula. “Ele certamente tem muitos méritos e uma história pessoal emocionante. Um trabalhador humilde que conseguiu ser presidente da sétima maior economia do mundo.”