Eleições 2014

Dilma ataca Armínio em horário eleitoral gratuito

Por sua vez, o candidato Aécio Neves (PSDB) abordou as declarações do secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda, Márcio Holland




No terceiro dia do horário eleitoral, a candidata à reeleição Dilma Rousseff (PT) concentrou parte do programa com ataques ao ex-presidente do Banco Central Armínio Fraga e a “visão de governo” na área econômica dos tucanos.

Por sua vez, o candidato Aécio Neves (PSDB) abordou as declarações do secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda, Márcio Holland, que recomendou aos brasileiros que troquem a carne bovina por outros alimentos para combater a inflação.

Primeiro a ser veiculado, o programa da presidente Dilma iniciou com um autor lembrando de uma frase dita por Aécio Neves durante a pré-campanha de que se fosse eleito estaria preparado para tomar as decisões, por mais que elas “fossem impopulares”. Dentro desse contexto introduzido foi ressaltado a escolha por parte de Aécio, caso seja eleito, de colocar Armínio Fraga como futuro ministro da Fazenda.

“Armínio foi presidente do Banco Central no segundo governo FHC. Na sua gestão, a divida publica dobrou, a inflação cresceu e a taxa de juros chegou a 45% ao ano. Agora, em entrevista recentes Arminio primeiro disse que o salário mínimo cresceu muito. Depois disse o seguinte:’posso querer distribuir mais dinheiro para os mais velhos, mas vou tirar das crianças? Essa é a visão de governo de Armínio Fraga, assustador, não é”, diz o ator. Uma segunda atriz afirma que as medidas impopulares podem significar cortes na educação, na saúde e em programas sociais.

Por sua vez, o programa de Aécio Neves foi iniciado com uma suposta carta enviada ao ex-presidente Fernando Henrique Cardoso por Dilma. Nela, a petista faz elogios ao perfil “democrata” e ao “espírito de homem público” do tucano.

Num segundo momento, o programa de Aécio faz críticas às declarações feitas na última quinta-feira (9) secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda, Márcio Holland, que recomendou aos brasileiros que troquem a carne bovina por outros alimentos para combater a inflação. “Se precisasse de uma prova definitiva da ineficiência do governo Dilma agora não precisa mais. É uma informação oficial. A inflação está alta mas desta vez a culpa não é da crise internacional. Agora é de quem compra carne”, afirma uma atriz.

Aécio também fala diretamente sobre o tema ao lembrar do Plano Real implementando durante o governo FHC. “Quem é mais novo talvez não se lembre desse tempo, mas pergunte ao seu pai a sua mãe como era viver com inflação alta. Uma das principais conquistas dos últimos 20 anos, que foi o controle da inflação, a presidente Dilma agora está colocando em risco”, disse o tucano.