Dia do Consumidor

Dia dos Pais: Procon autua 14 lojas do Centro de Goiânia

Principal irregularidade encontrada nos estabelecimentos foi a falta de exposição de preços dos produtos




Com a proximidade do dia dos pais, o Procon Goiânia fiscalizou 20 lojas do Centro de Goiânia à procura de irregularidades que ferissem o Código de Defesa do Consumidor. Dentre os estabelecimentos visitados, 14 foram autuados.

Segundo o gerente de atendimento do Procon, Jhony Saldanha, as fiscalizações, ocorridas entre os dias 4 e 10 deste mês, tinham como foco as lojas do consideradas mais acessíveis para a população. “Procuramos encontrar produtos com valores mais acessíveis, como perfumes, roupas, sapatos e eletroeletrônicos, que costumam ser usados para presentear em ocasiões como o dia dos pais”, ressaltou.

Entre as principais irregularidades encontradas, destacou-se a falta de clareza nas informações prestadas ao consumidor. “Foi constatada principalmente a falta de exposição dos preços para o consumidor. Geralmente as lojas colocam que um produto está em promoção ou oferta, mas não apresenta o valor”, diz Saldanha.

As lojas autuadas têm 10 dias para apresentar defesa junto ao Procon. Após o prazo, os estabelecimentos podem ser multados em valores entre R$ 600 e R$ 6 milhões, caso não justifiquem de maneira satisfatória as irregularidades.

Na última segunda-feira (8/8), o Procon Goiânia também divulgou a pesquisa de preços de opções para presentes do dia dos pais, que revelou diferenças que chegam a 43%.