FolhaPress

Dia do Beijo: dez momentos marcantes da história do cinema

Até cães e super-heróis já tiraram o fôlego de plateias mundo afora com suas beijocas

Dia do Beijo: dez momentos marcantes da história do cinema
(Foto: Reprodução Redes Sociais)

Se celebramos o Dia do Sexo e o Dia dos Namorados, com certeza o Dia do Beijo também merece uma comemoração especial. Afinal, quem não tem um beijo para recordar, seja na vida real ou no cinema, que tenha sido digno de tirar o fôlego.

Nesse 13 de abril, Dia do Beijo, confira a seleção de 10 dos beijos emblemáticos do cinema, que até os dias de hoje arrancam suspiros de quem assiste, seja pela emoção do enredo ou pelo caráter revolucionários para a época.

… E O VENTO LEVOU (1939)

O romance de Victor Fleming é um dos grandes clássicos do cinema e mostra o amor Scarlett O’ Hara (Vivien Leigh) e Rhett Butler (Clark Gable). Tendo como palco a Guerra Civil americana (1861-1865), o filme exibe diversas cenas do casal e o beijo é lembrado por muitos fãs até os dias de hoje.

CASABLANCA (1942)

O filme de Michael Curtiz retratava o casal Rick (Humprey Bogart) e Ilsa (Ingrid Bergman), que viviam apaixonados em Paris. Porém, Ilsa decide deixar o namorado para resolver pendências de seu passado e antes de partir pede que ele a beije “como se fosse a última vez”.

O beijo, que anuncia a separação do casal, é considerado um dos mais marcantes do cinema. O longa-metragem, que foi lançado em meio a Segunda Guerra Mundial, se tornou um dos maiores romances do cinema e conquistou três Oscars.

JANELA INDISCRETA (1954)

O filme de Alfred Hitchcock mostra o fotógrafo Jeff (James Stewart) que sofreu um acidente e, impossibilitado de andar, foi obrigado a ficar em casa. Ele observa seus vizinhos pela janela de seu apartamento e conta com poucas companhias, como a de Lisa (Grace Kelly), sua namorada.

Uma das cenas mais marcantes do filme é quando Lisa se aproxima para beijar o namorado, e então a câmera foca no rosto da atriz e cria a impressão de que ela iria beijar o espectador.

O PODEROSO CHEFÃO 2 (1974)

O filme foi a primeira sequência a ganhar o Oscar na categoria de melhor filme e é considerado um dos maiores clássicos do cinema. Uma das cenas mais famosas do longa é a do “beijo da morte” quando o mafioso Michel Corleone (Al Pacino) beija seu irmão Fredo (John Cazale), de maneira grosseira.

“Eu sei que foi você, Fredo. Você partiu meu coração”, fala Michael ao irmão. O filme de Francis Ford Coppola marcou o primeiro beijo entre dois homens da história.

GHOST – DO OUTRO LADO DA VIDA (1990)

O filme clássico dos cinemas mostra a história de Sam Wheat (Patrick Swayze), um jovem executivo apaixonado por Molly (Demi Moore), sua namorada. Sam acaba sendo morto em um assalto, porém seu espírito permanece na terra ao descobrir que a amada também corre perigo, e faz de tudo para protegê-la. O beijo marcante mostra Molly beijando o espírito de Sam, e reforça que não existem barreiras no amor.

BBB 21: Juliette diz que beijou o ator Thiago Rodrigues; veja o vídeo

MEU PRIMEIRO AMOR (1991)

Considerado um dos filmes mais românticos, e tristes, o longa-metragem de Howard Zieff mostra Vada (Anna Chlumsky), uma garota de 11 anos que é obcecada por morte e seu amigo Thomas J. Sennet (Macaulay Culkin), que é alérgico a quase tudo. Ao longo da trama, os dois protagonizam um selinho que marcou a história do cinema.

A DAMA E O VAGABUNDO (1995)

O clássico da Disney mostra uma cadela mimada chamada Dama descobrindo o mundo, quando se deparada com alguns conflitos ao descobrir que seus donos irão ter um bebê.

Ao lado de um cachorro de rua, conhecido pelos telespectadores como Vagabundo, ela explora lugares que nunca havia conhecido e se apaixona por ele. A cena do beijo enquanto os cachorros comem macarrão ao som da música “Bella Note” se tornou emblemática e marcou gerações.

TITANIC (1997)

O filme clássico de drama, dirigido por James Cameron, mostra Jack (Leonardo DiCaprio) e Rose (Kate Winslet), um artista pobre e uma jovem rica, vivendo um romance na jornada do navio Titanic, em 1912. O famoso casal do cinema protagoniza o beijo na ponta do navio e emociona os telespectadores até os dias de hoje.

Joelma diz que está “há quase três anos” sem dar um beijo na boca; LEIA

HOMEM-ARANHA (2002)

O primeiro filme do Homem-Aranha marcou o cinema com o beijo entre Peter Parker (Tobey Maguire) e Mary Jane (Kirsten Dust), o qual ele está pendurado de ponta-cabeça. Sob direção de Sam Raimi, Peter vira super-herói após ser picado por uma aranha geneticamente modificada.

HARRY POTTER E AS RELÍQUIAS DA MORTE PARTE 2 (2011)

O beijo entre os bruxos Rony (Rupert Grint) e Hermione (Emma Watson) arrancou suspiros e comemorações de muitos fãs da saga de J.K. Rowling. Ao longo dos filmes de “Harry Potter” muitos torciam para que o casal de amigos ficasse junto, e foi o que aconteceu no último filme.

Drew Barrymore foi a primeira mulher que atriz de ‘The Big Bang Theory’ beijou