Ordem!

Dia do Advogado: 10 filmes onde advogados e lei têm papéis de destaque

A data é comemorada no Brasil neste 11 de agosto


Rayana Caetano
Do Mais Goiás | Em: 11/08/2020 às 19:25:41

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Celebra-se hoje (11), no Brasil, o Dia do Advogado. A data foi escolhida propositalmente para coincidir com a criação do primeiro curso de Direito no país, em 1828, no estado de São Paulo.

Para homenagear os profissionais da área e propor uma maneira de curtir este dia, o Mais Goiás separou uma lista com 10 filmes de diferentes gêneros onde advogados e lei têm papéis de destaque. Confira:

Filadélfia (HBO Go, Apple TV)

“Andrew Beckett é um promissor advogado que trabalha para um tradicional escritório da Filadélfia. Após descobrirem que ele é portador do vírus da AIDS, Andrew é demitido da empresa. Ele contrata os serviços de Joe Miller, um advogado negro que é homofóbico. Durante o julgamento, este homem é forçado a encarar seus próprios medos e preconceitos.”

Luta por Justiça (Apple TV)

“Bryan Stevenson é um advogado recém-formado em Harvard que abre mão de uma carreira lucrativa em escritórios renomados da costa leste americana para se mudar para o Alabama e se dedicar a prisioneiros condenados à morte que jamais receberam assistência legal justa. Ao chegar lá, Bryan se depara com o caso de Walter McMillian, um homem negro falsamente acusado de um assassinato, mas que nunca teve uma defesa apropriada por conta do preconceito racial na região.”

Erin Brockovich – Uma Mulher de Talento (Globoplay, Apple TV)

“Erin é a mãe de três filhos que trabalha num pequeno escritório de advocacia. Quando descobre que a água de uma cidade no deserto está sendo contaminada e espalhando doenças entre seus habitantes, convence seu chefe a deixá-la investigar o assunto. A partir de então, utilizando-se de todas as suas qualidades naturais, desde a fala macia e convincente até seus atributos físicos, consegue convencer os cidadãos da cidade a cooperarem com ela, fazendo com que tenha em mãos um processo de 333 milhões de dólares.”

O Exorcismo de Emily Rose (Netflix, Apple TV)

“Emily Rose é uma jovem que deixou sua casa em uma região rural para cursar a faculdade. Um dia, sozinha em seu quarto no alojamento, ela tem uma alucinação assustadora, perdendo a consciência logo em seguida. Como seus surtos ficam cada vez mais frequentes, Emily, que é católica praticante, aceita ser submetida a uma sessão de exorcismo. Quem realiza a sessão é o sacerdote de sua paróquia, o padre Richard Moore. Porém Emily morre durante o exorcismo, o que faz com que o padre seja acusado de assassinato. Erin Bruner, uma advogada famosa, aceita pegar a defesa do padre Moore em troca da garantia de sociedade em uma banca de advocacia. À medida que o processo transcorre o cinismo e o ateísmo de Erin são desafiados pela fé do padre Moore e também pelos eventos inexplicáveis em torno do caso.”

Ponte dos Espiões (Apple TV)

“Em plena Guerra Fria, o advogado especializado em seguros James Donovan aceita uma tarefa muito diferente do seu trabalho habitual: defender Rudolf Abel, um espião soviético capturado pelos americanos. Mesmo sem ter experiência nesta área legal, Donovan torna-se uma peça central das negociações entre os Estados Unidos e a União Soviética ao ser enviado a Berlim para negociar a troca de Abel por um prisioneiro americano, capturado pelos inimigos.”

Amistad

“Costa de Cuba, 1839. Dezenas de escravos negros se libertam das correntes e assumem o comando do navio negreiro La Amistad. Eles sonham retornar para a África, mas desconhecem navegação e se vêem obrigados a confiar em dois tripulantes sobreviventes, que os enganam e fazem com que, após dois meses, sejam capturados por um navio americano, quando desordenadamente navegaram até a costa de Connecticut. Os africanos são inicialmente julgados pelo assassinato da tripulação, mas o caso toma vulto e o presidente americano Martin Van Buren, que sonha ser reeleito, tenta a condenação dos escravos, pois agradaria aos estados do sul e também fortaleceria os laços com a Espanha, pois a jovem Rainha Isabella II alega que tanto os escravos quanto o navio são seus e devem ser devolvidos. Mas os abolicionistas vencem, e no entanto o governo apela e a causa chega a Suprema Corte Americana. Este quadro faz o ex-presidente John Quincy Adams, um abolicionista não-assumido, sair da sua aposentadoria voluntária, para defender os africanos.”

Um Contratempo (Netflix)

“Após acordar ao lado de sua amante assassinada em um quarto de hotel, um empresário contrata uma advogada para descobrir como ele acabou sendo suspeito de um homicídio.”

Advogado do Diabo (HBO Go)

“Kevin Lomax, advogado de uma pequena cidade da Flórida que nunca perdeu um caso, contratado John Milton, dono da maior firma de advocacia de Nova York. Kevin recebe um alto salário e várias mordomias, apesar da desaprovação de Alice Lomax, sua mãe e uma fervorosa religiosa, que compara Nova York a Babilônia. No início tudo parece correr bem, mas logo Mary Ann, a esposa do advogado, sente saudades de sua antiga casa e começa a testemunhar aparições demoníacas. No entanto, Kevin está empenhado em defender um cliente acusado de triplo assassinato e cada vez dá menos atenção sua mulher, enquanto que seu misterioso chefe parece sempre saber como contornar cada problema e tudo que perturba o jovem advogado.”

As Duas Faces de um Crime (Prime Video)

“Em Chicago, um arcebispo assassinado com 78 facadas. O crime choca a opinião pública e tudo indica que o assassino um jovem de 19 anos, que foi preso com as roupas cobertas de sangue da vítima. No entanto, um ex-promotor que se tornou um advogado bem-sucedido se propõe a defendê-lo, sem cobrar honorários, tendo um motivo para isto: adora ser coberto pela mídia, além de ter uma incrível necessidade de vencer.”

Questão de Honra (Globoplay, Claro Vídeo)

“Após um soldado morrer acidentalmente em uma base militar, depois de ter sido atacado por dois colegas da corporação, surge a forte suspeita de ter existido um “alerta vermelho”, uma espécie de punição extra-oficial na qual um oficial ordena a subordinados seus que castiguem um soldado que não tenha se comportado corretamente. Quando o caso chega aos tribunais, um jovem advogado resolve não fazer nenhum tipo de acordo e tentar descobrir a verdade.”

Todo nosso respeito aos profissionais da advocacia. Feliz Dia do Advogado!