Do Mais Goiás

DF diz que recebe menos vacinas, mas imuniza grupo de 37 anos na sexta

"Déficit de vacinas enviadas pelo Ministério da Saúde para o DF é de mais de 290 mil doses. O mesmo não ocorreu com outros Estados"

Goiânia segue com a vacina contra Covid-19 para pessoas a partir de 36 anos por agendamento. O drive thru do Passeio das Águas não abrirá. (Foto: Jucimar de Sousa)
Goiânia segue com a vacina contra Covid-19 para pessoas a partir de 36 anos por agendamento. O drive thru do Passeio das Águas não abrirá. (Foto: Jucimar de Sousa)

O governador do Distrito Federal Ibaneis Rocha (MDB) anunciou em suas redes sociais que começa a vacinar o público geral a partir de 37 anos contra a Covid-19, na sexta (23). Ele informou, ainda, que não será mais necessário realizar agendamento.

“Para evitar filas, vamos aumentar de 54 para quase 100 pontos de vacinação entre sexta e domingo”, escreveu no Twitter.

Ainda na sequência de postagens, ele declarou que o “déficit de vacinas enviadas pelo Ministério da Saúde para o DF é de mais de 290 mil doses. O mesmo não ocorreu com outros Estados”. Ibaneis informou, também, que já notificou o Ministério da Saúde sobre isso, mas não teve retorno.

“Sendo assim, hoje fiz o pedido para a nossa Procuradoria para questionar judicialmente a União quanto ao número de vacinas que o DF recebeu até aqui. Concordo com vocês que não é justo ficarmos para trás”, concluiu.