Operação Faction

Dezesseis supostos membros de facção criminosa são presos em Goiás

De acordo com a Polícia Civil, o grupo teria sido responsável por arquitetar a fuga em massa da Unidade Prisional de Trindade, em julho do ano passado


Thaynara Cunha
Do Mais Goiás | Em: 28/02/2019 às 15:14:28

Membros de facção criminosa são presos durante operação da PC (Foto: Divulgação / PC)
Membros de facção criminosa são presos durante operação da PC (Foto: Divulgação / PC)

Dezesseis pessoas foram presas, na manhã desta quinta-feira (28), em cumprimento a mandados de prisão  temporária ao serem suspeitas de praticar crimes de homicídio e tráfico de drogas no Sudoeste do Estado de Goiás. O grupo foi preso durante operação da Polícia Civil (PC), pela Delegacia de Acreúna, que fica a 152 quilômetros de Goiânia.

A chamada Operação Faction teve como alvo as cidades de Rio Verde, Acreúna, Indiara, Maurilândia, Caldas Novas e de Belém do Pará. Segundo informações da PC, a quadrilha é composta por membros de uma facção carioca. O grupo seria responsável por arquitetar a fuga em massa da Unidade Prisional de Trindade, em julho do ano passado

À época, fugiu o líder do grupo, Lucas Stefano Dos Santos, de 25 anos. Ele teria ido à Belém, no Pará, no início do mês de fevereiro para tentar libertar parceiros da facção que estariam presos na Unidade Prisional da capital. A ação, porém, foi interrompida pela polícia local, que o prendeu em flagrante. A PC de Goiás também foi até a cidade e cumpriu um mandado de prisão contra Lucas durante a Operação Faction.

De acordo com o delegado titular da 8ª Delegacia Regional da PC, Danilo Fabiano, o líder do grupo é de alta periculosidade e é suspeito de ter assassinado uma pessoa de maneira brutal, no final do ano passado. A vítima foi decapitada, teve as digitais cortadas e o corpo queimado. O crime aconteceu em Acreúna.

A ação contou com a participação de 50 policiais civis e teve o apoio das delegacias de Goiânia, Goianira, Guapó, Edéia, Indiara, Jandaia e Jataí.

(Foto: Divulgação / PC)

(Foto: Divulgação / PC)

(Foto: Divulgação / PC)

(Foto: Divulgação / PC)

 

*Thaynara da Cunha é integrante do programa de estágio do convênio entre Ciee e Mais Goiás, sob orientação de Thaís Lobo