Trânsito

Detran leva sinalização a mais de 150 municípios

Em ação inédita no País, Governo de Goiás implanta mais de 15 mil placas e 200 mil metros de sinalização no interior do Estado




Mais três municípios recebem, nesta semana, o Goiás Sinalizado. Montes Claros de Goiás, Santa Bárbara e Montividiu serão contemplados com implantação de placas de trânsito, faixas de pedestres, faixas de retenção e outras sinalizações indispensáveis à advertência e à orientação de pedestre, ciclistas e condutores. Só neste ano, 52 cidades já foram beneficiadas pelo programa.

Nesta etapa, serão atendidos 78 municípios. Outras 48 cidades também devem ser atendidas. Para isso, está sendo realizado processo licitatório para aquisição de material. Neste ano, os investimentos em sinalização devem totalizar R$ 15 milhões.

O Goiás Sinalizado faz parte de uma ação integrada de valorização e atenção pela vida que vem sendo adotada pelo Detran-GO. Na busca pela promoção da segurança no trânsito, a autarquia age em três frentes: inteligência, prevenção e repressão. A primeira busca identificar pontos de conflitos. A segunda desenvolve programas educativos e de engenharia de tráfego. A última realiza a fiscalização garantindo o cumprimento das leis de trânsito.

O trabalho de sinalização implantado pelo Detran-GO tem como pilar o plano de circulação, que busca diminuir pontos de conflitos; adequar a velocidade dos condutores à segurança da via; e aumentar a visibilidade e fluidez nos cruzamentos. Além de locais de grande fluxo e altos índices de acidentes, as equipes do Goiás Sinalizado priorizam as imediações de escolas, visando oferecer melhores condições de travessia e maior segurança a pais e alunos.

Desde a criação, em 2012, o programa já atendeu quase 200 municípios, levando mais segurança ao trânsito de áreas urbanas. Foram instaladas cerca de 15 mil placas e implantados mais de 200 mil metros quadrados de sinalização  horizontal. Para receber o Goiás Sinalizado, o único pré-requisito é que o asfalto da área a ser contemplada esteja novo.

O Código de Trânsito Brasileiro estabelece, no artigo 24, que a sinalização de áreas urbanas é de competência exclusiva dos municípios. Em Goiás,  menos de 50 municípios têm trânsito municipalizado, o que dificulta o levantamento de recursos para investimentos. “O Governo de Goiás é sensível às dificuldades enfrentadas pelos municípios e comprometido com a redução dos índices de acidentes. Por isso, tem intensificado ações que estimulem a adoção de uma nova cultura no trânsito”, explica o presidente do Detran-GO, Manoel Xavier Ferreira Filho.

A instrutora e professora de direção defensiva dos cursos de reciclagens do Detran-GO, Regina Lúcia Siqueira destaca que a sinalização correta é parte essencial do processo de melhoria do trânsito. Segundo ela, o principal componente para a redução dos índices de acidentes é a mudança de comportamento dos agentes do trânsito (pedestres, ciclistas e condutores). Porém, essa evolução só virá com ações ostensivas de educação para o trânsito e condições adequadas de trafegabilidade, sinalização adequada.

Manoel Xavier acrescenta que a sinalização deve ser antecedida de estudos técnicos e passar por constantes atualizações. “Além da ação do tempo, que faz com a sinalização necessite de revitalização, ainda temos que levar em conta as demandas sociais dos espaços públicos que sofrem constantes intervenções: é a implantação de um comércio, a construção de uma escola ou mesmo o aumento da frota. Tudo isso, cria novas demandas e os gestores públicos devem estar atentos”, afirma. Por isso, o programa pode atender o mesmo município mais de uma vez.

O diretor Técnico e de Atendimento, João Balestra do Carmo, enfatiza que o Goiás Sinalizado é uma ação integrada aos programas de educação para o trânsito desenvolvidos pelo Detran-GO. Ele cita como exemplo o Balada Responsável e o Detranzinho. Assim como esses programas, a implantação da sinalização busca criar uma nova cultura nos municípios. “Queremos proporcionar à população condições de circular em segurança em veículos automotores e, principalmente, de valorizar e respeitar o ciclista e o pedestre”, explica João Balestra.

Confira quais os municípios que serão atendidos neste ano:

ALVORADA DO NORTE
BURITI ALEGRE
BOM JARDIM
BRITÂNIA
BOM JESUS
CACHOEIRA ALTA
CACHOEIRA DE GOIÁS
CATURAI
CIDADE OCIDENTAL
CORUMBÁ DE GOIÁS
CRIXAS
GOIANIRA
IPORÁ
IPAMERI
ITAPIRAPUÃ
ITAPURANGA
MORRINHOS
MOSSÂMEDES
NOVA AMERICA
OURO VERDE
PIRACANJUBA
PALMEIRAS DE GOIÁS
PALMINÓPOLIS
PIRANHAS
PIRES DO RIO
SANTA FÉ
SANTA HELENA
SANTA ROSA
SÃO JOÃO DA PARAÚNA
TAQUARAL
TEREZÓPOLIS
TRINDADE
URUANA
URUAÇU
SANTA RITA DO ARAGUAIA
JUSSARA
MONTES CLAROS
MONTIVIDIU
SANTA BARBARÁ
SÃO LUIS DOS MONTES BELOS
RIO QUENTE
ITAGUARÚ
HIDROLÂNDIA
ITAUÇU
NIQUELÂNDIA
CHAPADÃO DO CÉU
NOVA GLORIA

CIDADES ATENTENDIDAS PELA ENGENHARIA COM MATERIAL DAS PREFEITURAS
MINEIROS
FORMOSA
GOIANÉSIA
SENADOR CANEDO

Tópicos