FORAGIDOS

Detentos fogem da penitenciária de Anápolis nesta quarta (25)

Os dois cumprem pena pelos crimes de roubo e resistência (que é opor-se à execução de ato legal mediante violência ou ameaça, conforme a nota da DGAP


Laylla Alves
Do Mais Goiás | Em: 25/11/2020 às 16:35:41

Imagem ilustrativa (Foto: Reprodução | Internet)
Imagem ilustrativa (Foto: Reprodução | Internet)

Dois detentos fugiram da Unidade Penitenciária de Anápolis, na madrugada desta quarta-feira (25). Eles teriam quebrado os cadeados das celas, segundo a Rádio São Francisco, porém a Polícia Civil ainda investiga a fuga para saber o que realmente aconteceu.

Ainda de acordo com a rádio, outros presos tentaram fugir também, mas os agentes penitenciários os impediram.

A Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP) informou, em nota, que a a unidade comunicou as forças policiais para auxiliarem nas buscas e recapturas detentos. Conforme a nota, os dois cumprem pena pelos crimes de roubo e resistência (que é opor-se à execução de ato legal mediante violência ou ameaça).

A Diretoria-Geral de Administração Penitenciária ressalta também que qualquer informação sobre os foragidos pode ser repassada pelos telefones da Polícia Militar (190), Polícia Civil  (191) ou da Ouvidoria da Secretaria de Segurança Pública de Goiás (62) 3201-1212.

Leia a nota na íntegra:

Foram tomadas as devidas providências em relação à fuga de dois custodiados da Unidade Prisional Regional de Anápolis, ocorrida nessa quarta-feira (25/11). De imediato, a direção da unidade fez a comunicação às forças policiais para auxiliarem nas buscas e recapturas dos detentos que cumprem pena com base nos artigos 157 e 329 do Código Penal Brasileiro, respectivamente.

O fato foi repassado à Polícia Civil para as investigações necessárias que o caso requer.

A DGAP reitera que qualquer informação sobre os foragidos pode ser repassada pelos telefones 190 (Polícia Militar), 191 (Polícia Civil) ou pelo (62) 3201-1212 (Ouvidoria da Secretaria de Segurança Pública -GO).

*Laylla Alves é integrante do programa de estágio do convênio entre Ciee e Mais Goiás, sob orientação de Hugo Oliveira