Do Mais Goiás

Detento é morto a facadas por colega de cela, em Aparecida de Goiânia

Segundo a Polícia Civil (PC), a vítima, de 26 anos, foi atingida nas costas. DGAP informou que abriu processo administrativo para verificar as causas da morte

Um reeducando foi morto dentro da Colônia Agroindustrial do Regime Semiaberto, em Aparecida de Goiânia, na noite deste domingo (31). Segundo a Polícia Civil (PC), Breno Hugo Luiz de Oliveira, de 26 anos, foi atingido com golpes de faca dentro da cela que ocupava.

Conforme expõe a corporação, agentes ouviram gritos de socorro na ala C-1 e, ao chegaram na cela, encontraram Breno ferido nas costas. Ele foi atendido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Na sequência, os agentes viram uma faca sendo lançada no galpão. Ao questionarem quem teria atirado o objeto, Hudson Paiva Neto, de 38 anos, confessou o crime. Ele já cumpre pena por homicídio.

Um inquérito foi aberto e o caso será investigado pelo Grupo de Investigações de Homicídios (GIH) de Aparecida de Goiânia. Em nota, a Diretora-Geral de Administração Penitenciária (DGAP) destacou que “foram tomadas providências e que um processo administrativo disciplinar foi instaurado para apuração da autoria do crime e posterior aplicação da sanção disciplinar em conformidade com a lei.”