Do Mais Goiás

Deputados goianos gastaram mais de R$ 2,5 milhões em cotas parlamentares

A maior parte foi utilizada como divulgação de atividades parlamentares (R$ 799.333,70), responsável por 30,96% dos gastos

Câmara aprova incentivo fiscal a quem doar a pesquisas contra covid-19
Câmara dos Deputados (Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil)

Os deputados federais goianos gastaram juntos R$ 2.581.910,73 em cotas parlamentares no primeiro semestre de 2021. A maior parte foi utilizada como divulgação de atividades parlamentares (R$ 799.333,70), responsável por 30,96% dos gastos. Os dados foram retirados do Painel da Transparência da Câmara dos Deputados.

O segundo maior gasto dos parlamentares goianos é com manutenção do escritório. Ao todo, os deputados gastaram 550.180,52 (21,31% do total). Seguido por aluguel de veículos R$ 466.078,02 (18,05%), consultoria e pesquisas R$ 458.040,00 (17,74%), combustíveis R$ 227.118,13 (8,80%) e  outros R$ 81.160,36 (3,14%).

Abril foi mês de maior gasto de cotas parlamentares goianos com R$ 523.313,54. Enquanto em março, os políticos da Câmara dos Deputados gastaram R$ 462.567,50 e em fevereiro R$ 437.389,15. O mês de junho registrou o menor gasto R$ 294.105,06.

Ranking de gastos

O deputado federal Professor Alcides (PP) aparece como primeiro que mais gastou em cotas parlamentares no primeiro semestre de 2021, com R$ 240.784,01. O  principal gasto dele foi em divulgação da atividade parlamentar (R$ 90.000) e aluguel de veículos: R$ 71.940,00.

Adriano do Baldy (PP) aparece no Portal da Transparência como o segundo parlamentar goiano que mais gastou cota parlamentar: R$ 189.234,39 – a divulgação de atividades parlamentares também é o maior gasto do deputado R$ 71.300,00.

José Mário Schreiner (DEM) aparece com gasto de R$ 188.239,98. Já José Nelto (Podemos) gastou R$ 166.823,04, enquanto Rubens Otoni (PT) usou R$ 165.306,12 da cota parlamentar e Célio Silveira (PSDB) R$ 158.605,83. Vitor Hugo (PSL) usou R$ 153.934,60, enquanto João Campos (Republicanos) R$ 153.719,67, já Glaustin da Fokus aparece com gasto de R$ 150.833,21, Flávia Morais (PDT) com R$ 145.607,20 e Magda Mofatto (PL) teve R$ 143.497,70 em gastos.

Já Lucas Vergílio (Solidariedade) gastou R$ 141.737,40 da cota parlamentar e Alcides Rodrigues (Patriota) usou R$ 130.200,10. Elias Vaz (PSB) foi deputado federal goiano que menos gastou da cota: R$ 125.610,21.