Goiás

Deputados estaduais retomam trabalho na Assembleia Legislativa

Sessão realizada nesta quarta-feira (15) marcou a volta das sessões. O vice-governador José Eliton representou Marconi Perillo na solenidade


Karla Araujo
Do Mais Goiás | Em: 15/02/2017 às 19:22:13

Júlio da Retífica (PSDB) discursou em nome dos deputados da base (Foto: Ruber Couto/ Assembleia Legislativa)
Júlio da Retífica (PSDB) discursou em nome dos deputados da base (Foto: Ruber Couto/ Assembleia Legislativa)

Com seis novos deputados, a Assembleia Legislativa do Estado de Goiás retomou as sessões plenárias na tarde desta quarta-feira (15). Daniel Messac (PSDB), Karlos Cabral (PDT), Lívio Luciano (PMDB) e Wagner Siqueira (PMDB) assumem as cadeiras deixadas pelos ex-deputados que foram eleitos prefeitos na última eleição. O tucano José Vitti é o presidente do segundo biênio da 18ª Legislatura.

Uma das primeiras ações da bancada do PMDB neste ano será a convocação do secretário da Fazenda, José Fernando Navarrete Pena, para esclarecer onde o governo estadual irá empregar o dinheiro recebido com a privatização da Celg – o contrato foi assinado ontem (14). É o que afirma o líder da bancada do partido, José Nelto. “O Estado praticamente pagou para a Celg ser privatizada ao dar isenção fiscal de quase 35 anos. Goiás vai receber R$ 800 milhões e queremos saber para onde vai esse dinheiro”, disse o deputado.

Ainda de acordo com o Nelto, oposição irá fiscalizar para que o dinheiro não seja investido “na compra de prefeitos e vereadores e para bancar a candidatura de José Eliton ao governo do Estado em 2018”. Ainda em relação à Celg, o deputado lembrou que até dois mil servidores podem ser demitidos. “Fomos contra a privatização e agora vamos fiscalizar”, disse Nelto.

Com José Vitti na presidência da Casa, Francisco Oliveira (PSDB) agora é líder do governo e diz que vai continuar o trabalho realizado pelo colega, com destaque à abertura da base para debates com a oposição. “É nessa linha que vamos trabalhar, discutir, conversar, ouvindo todos os deputados, tentando ser um elo de ligação entre base e oposição e com o Governo do Estado de Goiás”, afirmou.

Sessão

Representando o governador Marconi Perillo (PSDB), o vice-governador, José Eliton, discursou durante a sessão. Eliton destacou o trabalho realizado pelo governo no último ano, principalmente em relação a duplicação de estradas. O vice-governador também falou sobre o trabalho na Secretaria de Segurança Pública e citou o leilão da Cel, afirmando que parte do dinheiro será investido na duplicação de estradas goianas.

Coube ao deputado Luis Cesar Bueno (PT) falar no plenário em nome da oposição e usou a maior parte de seu tempo para criticar a gestão de instituições públicas por Organizações Sociais (OSs), ao afirmar que o Estado não pode transformar-se em uma agência de contratos. Pela situação, que tem 31 deputados na Casa, discursou Júlio da Retífica (PSDB). O deputado destacou que ações do governo estadual evitaram que Goiás fosse mais fortemente atingido pela crise econômica nacional.