SUGESTÃO

Deputado sugere que prefeito em exercício da capital considere energia solar em prédios públicos

"Goiânia, por exemplo, tem estrutura e capital financeiro para tal", afirma José Nelto. "Economizar cada centavo possível, para haver investimento em outras áreas que carecem"


Francisco Costa
Do Mais Goiás | Em: 07/01/2021 às 15:38:12

Rogério Cruz (Foto: Jucimar de Sousa)
Rogério Cruz (Foto: Jucimar de Sousa)

O deputado federal José Nelto (Podemos), sugere ao prefeito em exercício de Goiânia, Rogério Cruz (Republicanos), considere a utilização da energia solar para prédios da administração pública e iluminação pública. “Se pensarmos bem, pagamos muito caro por uma energia suja, de péssima qualidade e que tem nos deixado na mão. Esse investimento em energia solar é o futuro dos municípios, das cidades e dos países. É conciliar sustentabilidade com economia. Goiânia, por exemplo, tem estrutura e capital financeiro para tal. É uma sugestão para o prefeito em exercício, Rogério Cruz.”

Destaca-se que o congressista organizou uma reunião com prefeitos e representantes dos municípios de Pires do Rio, Águas Lindas, Formosa, Porangatu, Jaraguá, Ipameri, Itumbiara e Ceres com técnicos da Caixa Econômica Federal para debater a disponibilização de linhas de crédito para investimentos em energia solar nestas cidades. Segundo ele, a energia é uma opção econômica, renovável e limpa. Os gestores, inclusive, já querem fazer esse tipo de utilização – em prédios e iluminação pública.

Ele explica que o programa de Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa) já prevê essa possibilidade, com dois anos de carência para iniciar o pagamento do empréstimo de crédito, e oito anos para pagar a totalidade. “Haverá uma economia muito grande para os municípios, e essa é a nossa maior preocupação. Economizar cada centavo possível, para haver investimento em outras áreas que carecem. É hora de cortar gastos que podem ser cortados, visando atender a população em mais demandas. Sem contar que a fonte de geração de eletricidade é a energia solar, que é infinita e inesgotável.”

Energia solar

Destaca-se, a energia solar funciona por meio de placas solares que captam luz, empregando o calor dos raios solares para geração de eletricidade (fotovoltaica) ou aquecimento de líquidos. Dados do Ministério de Minas e Energia informam que, aproximadamente, 5 mil municípios já contam com a opção fotovoltaica instaladas em telhados e pequenos terrenos.

Para o deputado, “isso é uma sinalização importante do potencial do setor para a retomada da economia”. Ele lembra, inclusive, que uma cidade no Paraná economizou cerca de R$ 20 mil com energia elétrica em um mês, devido a instalação de sistemas fotovoltaicos no prédio administrativo. Segundo dados da prefeitura, o investimento se pagará em cerca de quatro anos.

Tópicos