Operação Lava Jato

Deputado Rubens Otoni considerou um exagero a prisão de José Dirceu

A declaração foi dada durante entrevista à Rádio 730





//

Em entrevista à Rádio 730, na manhã desta quarta-feira (05/08), o deputado federal Rubens Otoni (PT) disse que é favorável às investigações da Operação Lava Jato, mas considerou um exagero a maneira que se deu a prisão de Dirceu. “Ele já estava preso,” lembrou o parlamentar.

Otoni afirma que o partido precisa apoiar Dirceu, que é um dos líderes históricos da legenda, em protesto ao que ele chama de “esforço para criminalizar o partido através de ações que fogem ao marco da legalidade e desrespeito à presunção de inocência”.

“Temos saído em defesa [de Dirceu] sim, claro que temos. Agora, o que não pode é confundir o nosso gesto, como se o PT fosse contrário a qualquer investigação. O que não aceitamos é que essas investigações seja feita fora do marco da legalidade”, disse o deputado.

“Formou-se um aparato midiático em cima de alguém que já estava sob cuidado da Justiça. Começa-se a perceber que estão tentando criar um estado de exceção, que afronta à democracia”, completou.

Tópicos