Assembleia Legislativa

Depois de vídeo polêmico, deputados protocolam requerimento contra Major Araújo

Presidente da Alego, Helio de Sousa quer que o parlamentar do PRP explique os xingamentos feitos contra ele, a Casa e o governador Marconi Perillo




Os deputados estaduais Helio de Sousa (PSDB) e Henrique Arantes (PTB) protocolaram, durante a sessão desta quarta-feira (14) na Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), um requerimento ao Conselho de Ética da Casa sobre declarações feitas em vídeo pelo deputado Major Araújo (PRP). O parlamentar da oposição, por meio de sua página no Facebook, reclamou sobre uma suposta falta de transparência de Helio de Sousa – que preside a Alego – quanto ao projeto que prevê limitação de gastos de todos os poderes e órgãos do governo e aumento da contribuição previdenciária de servidores, entre outros. Sem papas na língua, o Major disparou xingamentos contra deputados e o próprio governador Marconi Perillo (PSDB).

No vídeo, de três minutos de duração, o Major diz que estava esperando a horas pela “m… do projeto encaminhado pelo governo que retira direitos dos servidores”. Ele chama o governador de “vagabundo” e critica a dificuldade de obter acesso ao texto para análise. “Fica esse jogo de empurra aqui por causa de outro vagabundo que é aliado ao vagabundo do Marconi, que é o deputado Helio de Sousa, que preside muito mal essa m… aqui chamada Assembleia Legislativa”, declarou. 

O vídeo gerou repercussão nas redes sociais, provocando centenas de compartilhamentos e discussões. No plenário da Alego, deputados também comentaram o caso nesta quarta (14).

Por consequência, Henrique Arantes e o presidente da Casa encaminharam requerimento à Comissão de Ética pedindo que o Major Araújo explique as declarações feitas no vídeo. “Após analisar o conteúdo eu fiquei realmente indignado. Houve ali uma manifestação muito depreciativa a esse presidente, a essa Casa, e depois aos demais deputados e aos funcionários. Entendo que para tudo nós temos limites e entendo que ele extrapolou os limites do equilíbrio emocional”, disse o tucano.

O deputado do PRP, porém, não demonstra preocupação com a ação de Helio de Sousa. “Esse pedido dele mostra que ele é um despreparado para proteger a Assembleia. Deputados têm imunidade para se expressar e criticar” disse. “Agora ele vem e fala uma m… dessa. Quem tem que responder no Conselho de Ética é ele por ser omisso com o eleitor.”

Além disso, Major Araújo faz ameaças ao adversário. “Se ele quiser ir para o Conselho de Ética, então vamos. Ele tem várias questões para discutir lá. Se eu colocar os fatos dele que eu sei, ele não termina o mandato”, afirmou.