Celebridades

Demi Lovato conta que teve pensamentos suicidas na infância

"Aos sete anos eu sabia que, se tirasse minha própria vida, aquela dor se encerraria", disse a cantora em entrevista ao Entertainment Tonight

Celebridades

Murillo Soares
Do Mais Goiás | Em: 21/03/2018 às 14:32:59

(Reprodução)
(Reprodução)

Em entrevista ao Entertainment Tonight para divulgar seu projeto filantrópico que auxilia no tratamento e consciência da saúde mental, Demi Lovato contou que, devido ao bullying que sofria, teve pensamento suicidas na infância. “Eu tinha fascinação pela morte”, disse a cantora.

“Aos sete anos eu sabia que, se tirasse minha própria vida, aquela dor se encerraria”, falou. “Foi esse pensamento que retornou quando sofri com bullying, e voltou diversas vezes quando estava lidando com depressão e bipolaridade”, continuou ela. Demi contou que também se mutilava na infância. “Cada vez que eu me cortava, eu ia mais e mais fundo”, disse.

Demi Lovato usou seus próprios problemas para alertas jovens que sofrem com distúrbios ligados à saúde mental. O principal conselho da artista foi compartilhar o que está sentindo com outras pessoas. “Não segure para você. Não se isole. Chegue às pessoas, sejam amigos íntimo ou família”, alertou.

“Se você sente como se não tivesse ninguém, olhe para dentro de você mesmo e tente encontrar essa resiliência. A vida de toda pessoa neste planeta vale a pena”, sublinhou Demi.

Ouça Skycraper, de Demi Lovato: