Fiscalização

Delegacia de Porangatu flagra toneladas de mercadorias sem nota fiscal

As irregularidades geraram quase 80 autos de infrações lavrados, dos quais 71 já foram quitados.


Goiás Agora
Do Goiás Agora | Em: 19/08/2019 às 18:54:45

Delegacia de Porangatu flagra toneladas de mercadorias sem nota fiscal
Delegacia de Porangatu flagra toneladas de mercadorias sem nota fiscal

Em atuação na BR-153, as equipes da Delegacia Regional de Fiscalização de Porangatu, unidade da Secretaria da Economia, flagraram de quarta-feira até domingo, de 14 a 18, mercadorias transportadas sem nota fiscal ou com a documentação inidônea. As irregularidades geraram quase 80 autos de infrações lavrados, dos quais 71 já foram quitados. Foram recolhidos aos cofres públicos mais de R$ 140 mil entre ICMS e multa.

As irregularidades fiscais foram detectadas em transporte de feijão, soja, confecções, gado e sementes de capim. O valor dessas mercadorias irregulares somou mais de R$ 1,6 milhão. “Só de soja foram mais de 105 toneladas, além de 37 de feijão. Os dois foram carregados em Goiás, mas apresentaram nota fiscal de outro Estado, o que é uma forma para driblar a fiscalização do ICMS”, afirma o delegado regional de Fiscalização de Porangatu, Márcio Oliveira Leite.

De acordo com o delegado, também foram flagrados caminhões sem o recolhimento do ICMS do frete. Além dos autos de infração pagos, outros que totalizam R$ 95 mil não foram quitados pelos proprietários das cargas. Durante os cinco dias das blitze, além dos auditores fiscais, também integraram as equipes, servidores do apoio fiscal e do Batalhão Militar Fazendário.