Fiscalização

Decon fecha mais uma drogaria clandestina em Goiânia

Estabelecimento no Bairro São Lucas que não tinha alvará nem farmacêutico oferecia produtos vencidos ao consumidor





//

Em mais uma etapa da Operação Tarja Preta, agentes da Delegacia de Defesa do Consumidor (Decon) fecharam uma drogaria que funcionava sem Alvará e sem farmacêutico responsável no Bairro São Carlos, que fica na Região Noroeste de Goiânia. Além das irregularidades, os policiais apreenderam uma centena de produtos vencidos.

Dentro da Droga Lucas Drogaria Popular, que funcionava na Rua SC-46, os agentes encontraram, além de cosméticos, medicamentos e até produtos para recém-nascidos vencidos, seringas usadas no lixo, o que para o delegado Webert Leonardo, adjunto da Decon, indica que no local eram aplicados medicamentos sem autorização. “Também encontramos seringas dispensadas em lixo comum, o que traz riscos tanto para quem frequenta a farmácia quanto para o coletor”, relatou Leonardo.

Além da farmácia ter sido interditada pela Vigilância Sanitária, o proprietário do estabelecimento, que não teve o nome divulgado, foi indiciado por crime contra a relação de consumo e exercício ilegal da profissão, delitos que juntos tem pena de até sete anos de reclusão.

Do início do ano até agora, a Decon já autuou 15 donos de drogarias que trabalhavam de forma ilegal ou que ofereciam produtos vencidos ao consumidor. Pelo menos metade das drogarias visitadas foram fechadas por falta de Alvará ou de um farmacêutico responsável.